Últimas notícias:

Loading...

Pai de Henry Borel se manifesta após prisão da mãe e Dr. Jairinho

"Esta infeliz matou meu filho. Meu filhinho deve ter sofrido muito", afirmou Leniel Borel

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Leniel Borel, pai do menino Henry Borel, 4 anos, se pronunciou pela primeira vez, nesta quinta-feira, 8, após a prisão preventiva da ex-mulher, Monique Medeiros, mãe da criança, e do namorado dela, o vereador Dr. Jairinho.

Leniel e Henry Borel
Crédito: ReproduçãoPai de Henry Borel se manifesta após prisão da mãe e Dr. Jairinho

Mensagens entre babá e mãe de Henry revelam série de agressões

“Esta infeliz matou meu filho. Meu filhinho deve ter sofrido muito”. disse o engenheiro à TV Globo.

Nesta quinta-feira, completa um mês da morte de Henry. Antes de saber da prisão do casal, Leniel fez uma publicação nas redes sociais homenageando o filho. “Henry, 30 dias desde que te dei o último abraço. Nunca vou esquecer de cada minuto do nosso último final de semana juntos. Deixar você bem, cheio de vida, com todos os sonhos e vontades de uma criança inocente. Desculpe o papai por não ter feito mais, lutado mais e protegido você muito mais”, escreveu.

Henry Borel sofreu sessão de tortura antes de morrer, diz polícia

Dr Jairinho e a mãe do menino foram presos, nesta quinta-feira, por terem atrapalhado as investigações do caso.

A Polícia Civil afirmou já ter provas suficientes de que Dr. Jairinho torturou Henry Borel até a morte. O menino, que já chegou no hospital sem vida, morreu com lesões graves no fígado, rim, pulmão e crânio.