Pastor é preso acusado de estuprar crianças em igreja evangélica em SP

O número de vítimas do pastor 1ª Igreja Batista de Amparo (SP), subiu para nove

Por: Redação

Um pastor de uma igreja evangélica na cidade de Amparo (SP) foi preso suspeito de cometer uma série de estupros contra nove crianças e adolescentes.

Marcos Bueno Ribeiro, 41 anos, que atuava como professor da 1ª Igreja Batista está preso preventivamente desde sexta-feira, 20.

Crédito: Reprodução Marcos Bueno Ribeiro, 41 anos, suspeito de cometer estupros contra crianças e adolescentes em Amparo

De acordo com a polícia, Marcos disse que praticava os crimes há pelo menos três anos. Eles ocorreram dentro da igreja e em um retiro. As vítimas são meninas com idades de até 12 anos, segundo a polícia.

COMO AGIR EM CASO DE ASSÉDIO OU ESTUPRO

Em nota, a 1ª Igreja Baptista de Amparo confirma que o suspeito era um membro da comunidade, e informa que “colabora com a Justiça e cumpre seu papel de dar apoio às famílias e vítimas, e também a família do acusado”.

“Esse número [de vítimas] ainda não está fechado. Acreditamos que pode haver mais e as investigações prosseguem para identificar outras novas vítimas”, disse Fernando Ramon Petrucelli Moralez, delegado titular de Amparo, ao G1.