‘Pavão misterioso’: nova chacota nacional tenta derrubar o Intercept

De acusação de nazista a compra de cadeira na Câmara: o novo micão da extrema direita é hilário e tenta colocar Glenn Greenwald como criminoso

Por: Maurício Thomaz

Desde o dia 9 de junho, quando o Intercept Brasil divulgou as conversas comprometedoras do ex-juiz Sérgio Moro a respeito da Operação Lava Jato, representantes da extrema direita pouco contra-atacaram nas redes sociais. O próprio presidente Jair Bolsonaro (PSL) chegou a levar o atual Ministro da Justiça a um jogo de futebol, e fugiu de perguntas de jornalistas sobre o caso, mostrando ignorar as acusações.

Neste domingo, 16, uma semana após os diálogos virem à tona, surgiu uma nova conta no Twitter chamada “pavão misterioso”, que rapidamente se transformou na maior chacota nacional dos últimos tempos.

Sérgio Moro
Crédito: Sérgio Lima/Poder 360Sérgio Moro

A conta “pavão misterioso” se mostra como um grupo de hackers que teria divulgado uma série de denúncias contra o jornalista Glenn Greenwald, um dos principais nomes responsáveis pela reportagem do Intercept.

Dentre os absurdos divulgados pelo grupo, um é o de que Glenn Greenwald seria apoiador do nazismo, porque ele supostamente teria posado para uma foto ao lado de um cara supostamente nazista.

Vê-se que utilizamos bastante a palavra “supostamente” porque é impossível dar credibilidade a uma postagem como esta:

Crédito: Reprodução/Twitter/oppavaomisterioso“Pavão misterioso” divulga suposta foto de Glenn Greenwald supostamente abraçado com um suposto apoiador do nazismo

O grupo também elaborou uma descrição bastante peculiar sobre o jornalista:

“Gleenn Greenwald, o advogado brilhante e inescrupuloso, que defende nazistas como quem atravessa a rua, tão esquerdista como alguém pode ser, o homem que se fez financiado pelas sombras e hoje tem sua Jihad própria, cheio de soberba, o mago que morfa ninguém em deputado federal.”, diz a publicação.

Em outra parte dos posts, o grupo chega a ameaçá-lo: “Agora o principal: vc, @ggreenwald, apareça na Rodrigues Alves número 1 no Rio de janeiro, você já esteve aqui diversas vezes renovando sua carteira de estrangeiro, com seu notebook Dell, na quinta-feira e o apresente, não no Apple que usa para ver pornografia.”

Compra de cadeira na Câmara

Em outra acusação, o grupo afirma que Greenwald teria comprado a vaga de Jean Wyllys (PSOL) na Câmara dos Deputados para seu marido, o atual deputado David Miranda (PSOL). O “pavão misterioso” ainda diz que Jean Wyllys recebe uma mesada mensal de dez mil dólares do jornalista do Intercept.

Em represália, o Greenwald rebateu as acusações do grupo. Em uma, inclusive, o tal “pavão misterioso” expõe supostos documentos que mostrariam as transações financeiras. Glenn rebateu de forma irônica:

“Se a rede de bolsonaristas for fabricar documentos falsificados em inglês para tentar espalhar falsas acusações contra mim, pelo menos tenha a cortesia de não ser tão preguiçoso a ponto de errar as palavras básicas”, escreveu o jornalista, apontando erros de inglês no suposto documento.

“E da próxima vez que vocês quiserem forjar um documento em inglês, não esqueçam de expressar os números em inglês, não em português, pra que sua fraude não seja tão óbvia. Demora menos de 30 segundos pra usar o Google Tradutor. Haja preguiça!”, completou.

Rapidamente, nas redes sociais, o “pavão misterioso” se tornou uma grande chacota. A hashtag #PavaoMisterioso figura nos trending topics do Twitter como um dos assuntos mais comentados do Brasil.

Veja abaixo os comentários:

Mas, aparentemente, tem gente que acredita – ou gosta de acreditar:

No vídeo abaixo, é possível ver todos os tweets feitos pelo grupo:

Compartilhe:

Por: Maurício Thomaz

Editor Executivo de Redação. Libriano com traços piscianos. Amante da praia e do concreto. Rolês no centro de São Paulo são os meus preferidos. Mas que tal falar de política e de futilidade num boteco com cerveja barata?!

1
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
2
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
3
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
4
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
5
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
6
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
7
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
8
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …