Polícia identifica homem que ateou fogo em morador de rua em São Paulo

Carlos Roberto Vieira da Silva teve 70% do corpo queimado e não resistiu aos ferimentos

Por: Redação

Um homem que ateou fogo em um morador de rua e o matou após ser atingido pelas chamas e ter cerca de 70% do corpo queimado enquanto dormia foi identificado pela Polícia Civil. O crime aconteceu em uma rua da Mooca, na Zona Leste de São Paulo, na madrugada do último domingo, 5.

A polícia faz buscas para localizar o criminoso, porém sua identidade não foi revelada para “não atrapalhar as investigações”. As informações do caso são do G1.

O morador de rua Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos, foi internado após o crime na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal do Tatuapé. Ele chegou em estado grave, e morreu na manhã desta segunda-feira, 6.

fogo
Crédito: ReproduçãoHomem que ateou fogo em morador de rua e o matou é identificado pela Polícia Civil

O corpo do morador de rua foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML). A funerária deve levar o corpo para o aeroporto de Cumbica e será transportado para Sergipe. O voo está previsto para sair às 15h. O corpo será levado pelos familiares para a cidade de Nossa Senhora da Glória, local de nascimento da vítima.

A polícia investiga se Carlos teve desavença com outro morador de rua ou algum desafeto. O caso foi registrado inicialmente como crime de lesão corporal no 56º Distrito Policial (DP), da Vila Alpina, mas será investigado pelo 18º DP, do Alto da Mooca, como homicídio.

Como ajudar um morador de rua

Caso você encontre um morador de rua precisando de ajuda, ligue para o 156 e comunique a Coordenadoria de Atendimento Permanente e de Emergência (Cape), da Prefeitura. O serviço funciona 24 horas por dia.

A solicitação de abordagem pode ser anônima, mas é importante ter as seguintes informações para facilitar a identificação: o endereço da via em que a pessoa em situação de rua está (o número pode ser aproximado); pontos de referência; características físicas e detalhes das vestimentas da pessoa a ser abordada.


Imagem Carnaval Sem Assedio

Compartilhe:

1
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
2
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
3
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
4
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
5
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
6
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
7
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
8
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …