Últimas notícias:

Loading...

Quem é quem na disputa judicial para cuidar de Anita Harley e seus bens

Uma das principais sócias da Pernambucanas, uma das maiores varejistas do Brasil, está em coma há 6 anos e não tem marido, ou filho biológico

Por: Redação

A empresária Anita Harley, que detém 48 % das ações do grupo que controla a rede de varejo Pernambucanas e é dona de uma fortuna estimada em R$ 2 bilhões, esta em coma há 6 anos e uma disputa judicial ocorre para definir quem controla seus bens e quem cuida dela no hospital.

Crédito: Reprodução/TV GloboQuem é quem na disputa judicial para cuidar de Anita Harley e seus bens

Anita, chamada de Nica pelos amigos e pessoas próximas, nasceu 1947, em Pernambuco. Ela foi preparada desde novinha para assumir os negócios da família no lugar da mãe, Helena Lundgren.

Com 470 lojas, em 15 estados, com 16 mil funcionários, a empresária é o centro da disputa judicial que envolvem diversos personagens que você irá conhecer agora.

Cristine Rodrigues – assessora da presidência da empresa, que foi responsável pela saúde de Anita por décadas

Sônia Aparecida Soares – funcionária de Anita, que morou com ela por 20 anos e afirma ser esposa dela.

Arthur Miceli – filho biológico de Sônia

No início dos anos 1980, Anita passou a ter mais proximidade com Cristine Rodrigues, assessora da presidência da empresa. “Eu conheci a família Lundgren no final de década de 70. Tinha mais proximidade com a mãe dela”, diz a assessora em entrevista ao Fantástico, da TV Globo.

Nesta época, Anita Harley e Sônia Aparecida Soares se conheceram num jantar no hotel Ca’d’Oro, um dos mais luxuosos de São Paulo, onde a dona da Pernambucanas morava na época.

Em 1990, a mãe de Anita, Helena Lundgren, morre, e ela assume a presidência da empresa. Foi nessa fase que Sônia virou sua funcionária.

Em 1994, Sônia tem filho com Vicente Micelli, Arthur, e se casa com o pai do menino em 1995.

No ano de 1999, a empresária faz um documento conhecido como “Testamento Vital”, em que ela diz quem deve responder por ela, tomar decisões caso esteja incapacitada ou inconsciente. A escolhida não é Sônia Soares, mas, sim, Cristine Rodrigues.

Em 2009, o Ca’d’Oro foi fechado para reforma e ela então se muda para uma mansão no bairro da Aclimação, em São Paulo, e leva Sônia e o filho Arthur para viver lá com ela.

Sônia se torna uma espécie de governanta da casa.

Anitta sofre um acidente vascular cerebral e entra em coma aos 68 anos de idade, em 2016, aos 68 anos. Desde então, ela está internada em um hospital de São Paulo. E, hoje, aos 74 anos, Anita é alvo de uma batalha judicial.

Sônia e Cristine brigam na Justiça para cuidar da saúde e do patrimônio da executiva dona de uma das maiores varejistas do Brasil e uma das mulheres mais ricas do país.

Sônia alega na Justiça que Arthur é filho socioafetivo de Anita, que as duas tinham uma união estável. No momento, a Justiça reconhece o jovem como filho da dona da Pernambucanas, e o coloca como curador de Anita, quem cuida de sua fortuna e saúde.

Amigas próximas de Anita não reconhecem a relação entre a executiva e Sônia como uma relação amorosa. Segundo essas amigas, Anita é uma mulher que sempre fez muitas doações e ajudou os amigos. Para elas, a empresária ter pago os estudos de Arthur e ter dado a mansão da Aclimação para Sônia, não comprova que ali havia uma relação amorosa.

Agora, Cristine briga na Justiça para que a relação dela com Anita seja reconhecida como uma união estável. Para os amigos e familiares da executiva, há uma confiança grande na secretária e mesmo não reconhecendo a relação, eles acreditam que a disputa para retirar os poderes de Sônia e Arthur da fortuna e vida de Anita é valido, segundo afirmações feitas à reportagem do Fantástico. Veja a íntegra aqui.

Compartilhe:

Tags: #Famosos
?>