Últimas notícias:

Loading...

Sem oxigênio, mergulhador morre em caverna na Tailândia

Após levar suprimentos para o grupo, mergulhador de 38 anos ficou sem oxigênio quando retornava para a entrada da caverna Tham Luang

Em meio aos esforços pelo resgate dos jovens presos em uma caverna na Tailândia, um ex-mergulhador da marinha local, que participava da equipe de buscas, morreu na última quinta-feira, 5. Após levar suprimentos para o grupo, Saman Kunan, de 38 anos, ficou sem oxigênio quando retornava para a entrada da caverna Tham Luang.

A morte do experiente mergulhador expõe os riscos que envolvem o resgate dos 12 meninos, que tem entre 11 e 16 anos, e seu técnico, de 25 anos. Sobretudo porque alguns não sabem nadar e precisarão aprender noções básicas de mergulho. O corpo de Kunan foi levado para a cidade de Sattahip, onde o militar será cremado.

Reprodução/Facebook
 Ex-mergulhador da marinha tailandesa retornava à entrada da caverna quando ficou sem oxigênio no trajeto

Diante das circunstâncias extremas, as autoridades avaliam as possibilidades de resgate do grupo. Segundo a BBC, o nível de oxigênio na câmara de ar onde os meninos estão caiu para 15%. O nível normal é de 21%.

Enquanto não definem uma estratégia, a água está sendo bombeada para fora da caverna (cerca de 20 bombas de extração funcionavam sem intervalo e drenam aproximadamente 10 mil litros por hora). Cogita-se também o resgate por alguma cavidade no teto da montanha onde os jovens poderiam ser retirados com auxílio de um helicóptero.

Sem anunciar uma data para a conclusão das operações, as autoridades devem retirar primeiro os jovens em melhores condições físicas e psicológicas.

Compartilhe:

Tags: #Mundo
?>