Tabata Amaral empregou o namorado por 50 dias, e ele recebeu R$ 23 mil

O colombiano Daniel Alejandro Martínez trabalhou apenas durante a campanha eleitoral da deputada em 2018, portanto isso não configura crime

Por: Redação Comunicar erro

Durante a campanha eleitoral de 2018, a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) empregou o próprio namorado, o colombiano Daniel Alejandro Martínez, para trabalhar durante 50 dias, e o pagou a importância de R$ 23.050 pela prestação de serviços de análise estratégica.

A atitude da parlamentar não configura nenhum tipo de crime. Porém, a Exame, quando questionou Tabata sofre quais tipos de serviço o namorado teria prestado, recebeu uma resposta bastante padrão.

“A campanha de Tabata Amaral cumpriu as leis eleitorais na contratação de seus serviços e pessoas. Todas as informações são públicas e estão no portal do TSE. A deputada não vai comentar o assunto”., escreveu a assessoria da parlamentar.

tabata amaral
Crédito: Leonardo Camargo / Agência CâmaraTabata Amaral empregou o namorado durante campanha eleitoral

Apesar de muitos internautas estarem criticando a atitude da parlamentar, empregar o namorado durante a campanha não pode ser considerado ilegal. Isso porque, na época, Tabata não havia assumido o cargo público.

Durante a campanha eleitoral, Tabata recebeu cerca de 1,3 milhão de reais. O maior doador foi a direção nacional do PDT, que repassou 100 mil reais para a agora deputada. E, segundo a prestação de contas da campanha ao TSE, Martínez recebeu o quarto maior pagamento da campanha dado a pessoas físicas.

Suspensão do PDT

O PDT (Partido Democrático Trabalhista) decidiu abrir processos disciplinares e suspender temporariamente a deputada federal Tabata Amaral (SP) e outros sete integrantes da bancada do partido que votaram a favor da Reforma da Previdência na primeira fase da tramitação na Câmara.

A decisão foi tomada em reunião na manhã desta quarta-feira, 17, entre a executiva nacional, a comissão de ética e os presidentes do Movimentos Sociais do partido. Leia mais aqui.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …
2
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
3
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
4
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
5
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
6
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
7
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
8
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …