Tabata Amaral grava vídeo para defender reforma após ameaça do PDT

Tabata Amaral foi elogiada por adversários políticos pela decisão

Por: Redação

Em meio à polêmica envolvendo a votação pela reforma da Previdência, que deve acontecer nesta quarta-feira, 10, no plenário da Câmara, em Brasília, a deputada Tabata Amaral (PDT-SP) gravou um vídeo justificando sua escolha.

Favorável à proposta, a parlamentar contraria a decisão partidária de opor-se ao tema no Congresso. Em resposta à ameaça de ser expulsa da legenda, Tabata usou as redes sociais para defender a reforma – que, segundo ela, tornará o país mais inclusivo. “Hoje a Previdência tira dinheiro de quem menos têm e transfere para os mais ricos. Ela aumenta a desigualdade do País em 1/5. E é um impasse ao desenvolvimento do País. Ser de esquerda não pode significar que vamos ser contra um projeto que de fato pode tornar o Brasil mais inclusivo e mais desenvolvido”, disse.

Crédito: Reprodução/Instagram@tabataamaralspDeputada Tabata Amaral de 25 anos escancara despreparo de ministro da Educação

Entenda rapidamente a votação hoje da reforma da Previdênia

“Meu voto não é vendido”

A jovem parlamentar, elogiada por adversários políticos como o Movimento Brasil Livre pela decisão, ressaltou ainda que a escolha segue suas convicções. “Meu voto pela reforma é um voto de consciência. Não é um voto vendido, não é um voto pelo dinheiro de emendas, é um voto que segue as minhas convicções e tudo que eu estudei até aqui”, afirmou. “A reforma que hoje votamos não pertence mais ao governo. Ela sofreu diversas alterações feitas por este mesmo Congresso. O sim que eu digo a reforma não é um sim ao governo e também não é um não a questões partidárias”.