Trump critica Oscar para ‘Parasita’ por ser um filme da Coreia do Sul

O estúdio Neon, que distribuiu o filme sul-coreano nos Estados Unidos, deu a melhor resposta possível ao presidente

Por: Redação

Durante comício, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou a escolha da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas em dar o Oscar de Melhor Filme para “Parasita”. O longa da Coreia do Sul, dirigido por Bong Joon-Ho, levou ao todo quatro estatuetas na última premiação: “Melhor Filme Internacional”, “Melhor Roteiro Original”, “Melhor Direção” e “Melhor Filme”.

Veja também: A casa do filme ‘Parasita’ e seu arquiteto fictício, apaixonado pelo Sol

trump parasita
Crédito: ReproduçãoDonald Trump critica Oscar de “Parasita” por ser um filme da Coreia do Sul

“Quão ruim foi o Oscar esse ano, vocês viram? ‘E o vencedor é… um filme da Coreia do Sul’. Que porcaria foi aquela? A gente tem problemas suficientes com a Coreia do Sul com relação ao comércio. Além disso, dão a eles o melhor filme do ano. Foi bom? Eu não sei. Vamos voltar com ‘… E o Vento Levou’ e ‘Crepúsculo dos Deuses’, por favor? Tantos filmes excelentes.”, discursou o presidente.

OPINIÃO: Os 5 erros da premiação do Oscar 2020

Após a repercussão do vídeo, o Estúdio Neon, responsável pela distribuição de “Parasita” nos Estados Unidos, respondeu o presidente: “Compreensível, ele nem sabe ler”.

Neste mesmo discurso, ainda sobrou tempo para Trump criticar o ator Brad Pitt, que venceu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, por seu papel em “Era Uma Vez Em… Hollywood”.

“”E então você tem Brad Pitt. Eu nunca fui um grande fã dele. Levantou, fez uma gracinha [ao receber o Oscar]. Ele é um cara pouco inteligente”, disse o presidente.