Últimas notícias:

Loading...

‘Nenhum vírus que mata pessoas é bem-vindo’, diz OMS a Bolsonaro

Horas antes, Bolsonaro sugeriu que Ômicron era ‘bem-vinda’ e voltou a minimizar a pandemia no Brasil

Por: Redação

Nesta quarta-feira, 12, Michael Ryan, diretor de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), rebateu a afirmação de Jair Bolsonaro (PL) de que a variante Ômicron é “bem-vinda”.

A resposta foi dada durante a conferência semanal da entidade sobre a pandemia da covid-19, que é acompanhada em todo o mundo.

“Nenhum vírus que mata pessoas é bem-vindo, especialmente quando há indivíduos sofrendo”, disse Ryan.

'Nenhum vírus que mata pessoas é bem-vindo', diz OMS a Bolsonaro
Crédito: Reprodução/OMS‘Nenhum vírus que mata pessoas é bem-vindo’, diz OMS a Bolsonaro

Apesar de as primeiras evidências mostrarem que a Ômicron apresenta sintomas mais leves, o diretor da OMS lembrou que há muitos pacientes e famílias sofrendo em todo o mundo.

“É uma doença que pode ser prevenida por vacinas”, disse. “É muito importante lembrarmos que a pandemia ainda está nas nossas mãos.”

“Há muito o que podemos fazer e não é hora de desistir. Não é hora de ceder. Não é hora de declarar que este é um vírus bem-vindo.”

bolsonaro
Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil Bolsonaro recusou ajuda da Argentina para chuvas na Bahia

Horas antes, Bolsonaro sugeriu que a variante Ômicron é “bem-vinda” por sinalizar o fim da pandemia. A nova cepa do coronavírus tem gerado um aumento de infecções e da procura por testes de covid-19 nas últimas semanas.

“A Ômicron, que já espalhou pelo mundo todo, como as próprias pessoas que entendem de verdade dizem, ela tem uma capacidade de se difundir muito grande, mas de letalidade muito pequena”, disse em entrevista ao site bolsonarista Gazeta Brasil.

Compartilhe:

?>