Witzel comemora morte de sequestrador na ponte Rio-Niterói

No vídeo, o governador do estado aparece celebrando, com socos no ar e punho cerrado, a operação policial na manhã desta terça-feira, 20

Por: Redação Comunicar erro
Witzel helicóptero
Crédito: Reprodução / GloboWitzel chegou de helicóptero até o local do crime

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), foi flagrado em um vídeo comemorando, com socos no ar e punho cerrado, a operação policial que terminou com a morte do sequestrador de um ônibus na ponte Rio-Niterói na manhã desta terça-feira, 20.

Witzel chegou de helicóptero até o local e parabenizou os policiais que participaram da ação. Em seguida, deu uma entrevista afirmando que a solução não era a ideal, mas a decisão de atirar no sequestrador, identificado como William Augusto da Silva, foi a única possível para salvar os reféns. Assista ao vídeo:

Segundo a Polícia Militar, o responsável pelo crime foi morto ao ser atingido por disparos de um atirador de elite. Ele chegou a ser levado ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, mas não resistiu.

“Muitas pessoas não entendem o trabalho da polícia que, às vezes, tem que ser dessa forma. Se não tivesse abatido esse criminoso, muitas vidas não seriam poupadas”, defendeu o governador do estado.

Witzel ainda disse que conversou com familiares do suspeito, que serão amparados pelo estado. “Um dos familiares pediu desculpas a toda à sociedade, aos reféns e disse que algo falhou na criação”, afirmou.

Sequestro do ônibus na ponte Rio-Niterói

Desde às 5h40 da manhã desta terça-feira, 20, um homem armado com um revólver, uma pistola de choque e um galão de gasolina fez reféns dentro do ônibus onde ele também viajava, na Ponte Rio-Niterói, no sentido do Rio de Janeiro (RJ).

Em determinado momento do trajeto, o rapaz ordenou que o motorista parasse o veículo e anunciou o crime. O sequestro acabou por volta das 9h04, quando um atirador de elite disparou sete vezes contra o bandido e fez sinal positivo, confirmando que ele havia sido morto.

Os 37 reféns foram libertados sem ferimentos.

Ainda não se sabe a motivação do sequestrador, que afirmava ter um revólver, uma pistola de choque e combustível durante a ação. Após o fim do sequestro, a PM confirmou que ele usava uma arma falsa.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
2
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
3
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
4
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
5
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
6
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
7
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …
8
06:21
Prefeito do Rio censura HQ dos Vingadores por conta de beijo gay
O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, mandou recolher todos os exemplares do gibi “Vingadores – A Cruzada das …