Últimas notícias:

Loading...

Dicas para armazenar corretamente os alimentos e evitar desperdício

Por: Silvia Melo

Abrir a geladeira e se deparar com sobras de alimentos esquecidas ali é comum. Nessas horas, fica uma dúvida: será que é seguro consumi-las? Segundo nutricionistas, é preciso saber separar as sobras de restos.

É considerado resto o alimento que for exposto a qualquer risco de contaminação por bactérias, fungos, agentes físicos ou químicos, e por esse motivo não deve ser reaproveitado. As carnes no final do churrasco, por exemplo, que ficaram por horas expostas à temperatura ambiente e à manipulação, devem ser descartadas.

Já o que sobrou do almoço, desde que seja bem armazenado, pode ser reaproveitado. O cuidado com os alimentos deve ser reforçado para evitar o desperdício e, até mesmo, o consumo impróprio.

visual hunt
Organizar a geladeira ajuda na conservação dos alimentos

As nutricionistas Milene Tiellet e Lorena Larsen, da empresa especializada em consultoria nutricional, a Alimentar, destacam algumas dicas simples para conservá-los por mais tempo:

Armazenamento

Na rotina diária, acabamos produzindo mais do que vamos realmente consumir no dia. Pensando na utilização futura, a dica é guardar os alimentos que não serão utilizados de imediato, em recipientes separados e bem fechados, no freezer ou na geladeira.

Organização na geladeira

Esse espaço deve estar sempre organizado. Caso contrário, alguns produtos serão esquecidos e você só os notará quando já estiverem estragados. Além disso, é importante focar também na contaminação cruzada, que pode ser evitada separando uma prateleira para cada tipo de alimento. Por exemplo, prateleiras superiores deverão ser usadas para alimentos que estão prontos para consumo, as do meio para alimentos pré-prontos e as debaixo para os que estão crus. Dessa forma não pingarão resíduos nos demais alimentos, evitando assim a contaminação dos mesmos.

Cuidado com a validade

A falta de tempo pode fazer com que os alimentos sejam esquecidos e, dessa forma, estraguem. O ideal é colocar uma etiqueta com pelo menos a data de abertura ou preparo dos alimentos. Perder a noção de quanto tempo o alimento está ali pode ser muito perigoso.

Compartilhe:

?>