5 investimentos para você aplicar a restituição do Imposto de Renda

A Receita Federal liberou hoje o dinheiro das restituições do primeiro lote do Imposto de Renda Pessoa Física 2016. Para saber se você foi um dos contemplados, é só acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone (telefone 146).

Se você está sem dívidas para quitar e com dúvidas do que fazer com esse dinheiro, o site Finanças Femininas pegou algumas dicas de investimento com o professor de economia do IBGE-FGV e diretos do Economies Consultoria Empresarial, Múcio Zacharias; Confira:

CDB

Os Certificados de Depósito Bancário (CDBs) são títulos emitidos pelos bancos. Ao comprá-los, você empresta dinheiro a eles. A liquidez dos CDBs varia de acordo com cada instituição e o valor mínimo para investir também é variável.

Há diferentes tipos de CDB e o mais comum é o pós-fixado, no qual a rentabilidade é baseada em alguma taxa de referência, como o CDI (Certificado de Depósito Interbancário), que está próximo da Selic – a taxa básica de juros, atualmente em 14,25%. “Como a Selic está alta, o CDB está atrativo. Outra vantagem é que ele tem tarifa zero de administração”, diz o professor.

O risco da aplicação é o de a instituição financeira quebrar. “Por isso é preciso escolher bancos de renome para reduzir o perigo”, recomenda. O investimento é assegurado pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até o limite de R$ 250 mil.

Fundos DI

Eles são pós-fixados e têm o rendimento baseado no CDI, que acompanha as variações da taxa básica de juros. Entre as vantagens, oferecem baixo risco e podem ser sacados a qualquer momento. O especialista, no entanto, faz um alerta sobre o rendimento dos fundos. “É cobrada taxa de administração, o que é muito ruim para renda fixa. Em algumas instituições, ela chega a 3% por ano, o que reduz a rentabilidade”, ressalva o especialista.

Títulos Públicos

Quando você os compra, está emprestando dinheiro ao governo. Existem vários tipos de título e os investimentos podem começar a partir de R$ 30. Alguns são prefixados (você sabe exatamente a rentabilidade que irá receber se os mantiver até a data de vencimento) e outros pós-fixados (o rendimento está relacionado a algum índice, como o IPCA, ou à taxa Selic). “Todos são interessantes. A rentabilidade é muito boa e consegue superar a inflação”, afirma o especialista. Já entre os riscos, há o de o Brasil dar calote. “O País está passando por dificuldades sérias. Quem aplicar no longo prazo pode ter problemas”, diz Zacharias, que recomenda fazer aplicações com vencimento mais próximo, de dois anos, por exemplo. Entre as desvantagens do investimento, ele destaca a cobrança de muitas taxas, como de administração, custódia e permanência.

Previdência Privada

Ao escolher um plano, você pode optar pelo PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) ou VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). O primeiro é indicado para quem faz a declaração completa do Imposto de Renda, enquanto o segundo é mais recomendável para contribuintes que optam pela simplificada. No PGBL, você paga menos impostos agora e consegue acumular mais renda, pois as contribuições ao plano podem ser descontadas da declaração do IR. No VGBL, você não pode descontar as suas aplicações do imposto, mas, no resgate, só paga o tributo sobre o rendimento do que aplicou, e não sobre o total resgatado. “Tem que ficar atenta à taxa de carregamento (que incide sobre cada depósito feito nos planos) e à de administração”, alerta o especialista.

LCI

Quando você compra uma Letra de Crédito Imobiliário (LCI), está emprestando dinheiro para os bancos financiarem empreendimentos no setor. Ela pode ser pré ou pós-fixada. Há diferentes prazos para a aplicação e, em geral, quanto maiores eles forem, melhor o retorno, que é calculado como uma porcentagem do CDI. “Uma vantagem é que não há cobrança de imposto”, diz o professor. Nesse tipo de investimento também não há taxa de administração. O risco da aplicação é o de a instituição financeira que a vendeu quebrar, mas o seu dinheiro é garantido pelo FGC em investimentos de até R$ 250 mil.

1 / 8
1
03:18
Como economizar dinheiro usando o celular #CatracaLivreEconomize
Sabia que dá para ganhar dinheiro compartilhando os códigos de descontos oferecidos por aplicativos como uber eats, ifood, 99 e …
2
02:02
Como fazer uma casa para o seu pet com uma lata usada #CatracaLivreEconomize
Aprenda como reciclar uma lata de tinta vazia para criar uma linda casa personalizada para o seu pet. Tudo o que …
3
34s
Padarias 24h em São Paulo
Se bateu aquela fome na madrugada, não se preocupe. Várias padarias funcionam 24h por dia em São Paulo.
4
01:40
Dicas para você gastar menos no supermercado
Dicas simples para colocar em prática na próxima ida ao supermercado.
5
01:34
5 passos para economizar no casamento
Um casamento é, provavelmente, a festa mais cara que possamos fazer durante a vida. Mas tem como fazer um evento …
6
02:02
9 hábitos de economia para você adotar no dia a dia
Selecionamos nove dicas simples que, se fizerem parte do seu dia a dia, vão garantir uma boa economia no final …
7
03:00
Veja como juntar R$ 6.890 em 52 semanas
Sim, é possível juntar quase 7 mil reais em 52 semanas; só precisa de planejamento e disciplina!
8
01:37
5 gastos que você pode cortar no dia a dia
Veja cinco gastos desnecessários na sua rotina que podem fazer diferença no fim do mês.