Informar

Blogueira ajuda noivos a realizarem casamento gastando pouco

Criadora do blog Casando sem Grana mostra que é possível realizar o casamento dos sonhos gastando menos do que você imagina

Por: Redação | Comunicar erro

Juntar as escovas de dente com direito à festa, bufê e vestido branco definitivamente não é algo barato, mas um site tem ajudado noivos com orçamento apertado: é o Casando Sem Grana. A ideia é da jornalista Sammia Ferreira Vilela.

O site nasceu em 2008 depois que Sammia começou a planejar seu próprio casamento. Com muita pesquisa, a jornalista conseguiu realizar o que parecia impossível: casar gastando apenas R$6 mil. Foi aí que ela resolveu ajudar as outras pessoas a concretizarem o grande sonho com os recursos disponíveis. Uma das pessoas ajudadas, foi a amiga dela que celebrou a união com o noivo gastando apenas R$2.500 em uma festa para 30 convidados.

A iniciativa deu tão certo que Sammia transformou a experiência em um modelo de negócios. Hoje, o blog Casando sem Grana virou a principal fonte de recursos da paulistana. Lá, ela reúne histórias inspiradoras, dá dicas de decoração no estilo “faça você mesmo” e muito mais. Leia a entrevista na íntegra com a criadora do site:

Arquivo pessoal
Depois de conseguir casar gastando apenas R$6 mil, Sammia resolveu ajudar os outros noivos

Como e quando surgiu a ideia de fazer o site Casando sem Grana?

Quando fui pedida em casamento pelo meu marido em 2008. Venho de uma realidade de vida muito simples e quando comecei a pesquisar sobre o assunto acabei me assustando com a “indústria” e seus preços. Na época existiam blogs focados apenas em um público mais elitizado e poucos serviços e produtos anunciados a preços mais “acessíveis”. Foi aí que comecei um blog com o intuito de compartilhar minha saga por um casamento mais econômico com um orçamento máximo total de R$6.000.

 De que maneira você ajuda os noivos que querem casar com pouco dinheiro?

Eu os oriento e apoio através de posts, e-books, palestras e cursos. Em breve estaremos lançando também um serviço de consultoria personalizada. Todo o meu conhecimento é partilhado gratuitamente ou a um preço super acessível.

Como você seleciona os fornecedores com preços mais em conta?

Tenho uma equipe parceira que consulta o histórico de atendimentos desse fornecedor juntamente com o status do seu CNPJ, no Procon e no site do Reclame Aqui. Se ele passar ileso ou com baixíssimo ranking de problemas nesses meios ele é convidado a fazer parte de um período de teste em nossa ferramenta. Se o seu atendimento, preços e qualidade continuarem impecáveis com o passar do tempo, ele é convidado a continuar com a gente.

Hoje o site virou sua principal fonte de renda? Como os recursos entram para você?

Sim! Ainda atuo como freelancer na área de conteúdo mas posso assegurar que o blog é meu empregador. Nossa fonte de receita vem de mídia, parcerias comerciais e dos fornecedores parceiros.

 Qual o valor mínimo necessário para realizar o casamento, desde a cerimônia até à festa?

Costumo dizer que não existe um mínimo, afinal de contas um casamento é a união de duas pessoas que se amam e dinheiro nenhum financia essa decisão. Mas se você estiver pensando no formato festa com família, amigos e diversão, a partir de R$ 2.000 já podemos criar algo bem bacana!

Qual a receita para fazer um casamento econômico? 

Mão na massa, foco no orçamento, ajuda e apoio da família e dos amigos, paciência, sabedoria em lidar com prioridades, bom humor e leveza para entender que economia não está ligada à pobreza e sim à inteligência financeira e consciência de consumo.

Cadastre-se aqui e fique por dentro das melhores dicas do Catraca Livre.

Mais de 25 ideias de lembrancinhas de casamento baratas

Compartilhe: