Alunos xingados em apresentação de TCC receberão R$ 75 mil

Por: Redação Comunicar erro

De acordo com o site Consultor Jurídico, três alunos do curso de engenharia de uma universidade paulista receberão uma indenização de R$ 75 mil (R$ 25 mil para cada um) por terem sido xingados por professor e serem acusados de plágio durante a banca de TCC.

No projeto dos estudantes não havia referência bibliográfica e o coordenador do curso mandou os alunos se f****. O caso foi classificado como “surreal” pelo juízo da 45ª Vara Cível de São Paulo, que permitiu a indenização por danos morais.

Reprodução
Estudantes receberão indenização de R$ 75 mil por danos morais

A universidade, que pagará a valor junto com o professor, argumentou que o fato um docente ser mais enérgico que o outro “nem de longe pode ser considerada como situação ilícita ou contrária ao ordenamento jurídico”.

Os professores da banca examinadora por fim decidiram que o trabalho poderia ser ajustado e aprovado. Já o coordenador do curso havia prometido que daria zero aos estudantes e assim o fez.

Leia o artigo original aqui e confira a decisão na íntegra.

1
48:28
ENEM! Aulão de história na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
2
59:42
ENEM! Aulão de português na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
3
47:47
ENEM! Aulão de matemática na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
4
04:21
Weintraub usa o MEC para tentar tirar verbete da Wikipédia do ar
Uma matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou o peso …
5
01:46
Os erros de português mais absurdos do governo Bolsonaro
A língua portuguesa não é bem o forte da gestão Bolsonaro. Vários nomes importantes do governo já escorregaram no idioma …
6
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
7
03:24
1ª diretora trans de uma escola pública em São Paulo
Paula Beatriz de Souza é a 1ª diretora trans de uma escola pública em Sã Paulo. Ela superou preconceitos para …
8
33s
Maior Sarau do Mundo – Keila
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e …