Últimas notícias:

Loading...

Inglês da escola é suficiente para fazer intercâmbio? Descubra

Vocabulário e conversação ensinados na escola podem ser insuficientes a um intercambista

Por: SEB (Sistema Educacional Brasileiro)
Ouça este conteúdo

Entre os principais destinos para intercâmbio de estudantes brasileiros estão Canadá, Austrália, Inglaterra e Estados Unidos –além de outros países que se comunicam, também, por meio da língua inglesa. As aulas de inglês começam no Ensino Fundamental, mas esse conteúdo é o suficiente para um intercambista?

O inglês enquanto disciplina escolar isolada não torna ninguém fluente. Para se preparar para a experiência de estudar fora, o blog Novos Alunos, do Grupo SEB (Sistema Educacional Brasileiro), reuniu alguns conselhos para quem quer entrar em um mundo poliglota.

O inglês da escola e sua ineficácia

Crédito: IStockInglês da escola é suficiente para fazer intercâmbio? Descubra

A legislação que fundamenta a educação brasileira (LDB) afirma obrigatoriedade do inglês a partir do sexto ano do Ensino Fundamental.

Cada vez mais educadores estão preparando os alunos do ensino fundamental e médio para as demandas que enfrentarão no futuro, ao ingressarem no ensino superior e no mercado de trabalho e promovendo a vivência dos estudantes em outro contexto: o intercâmbio e a imersão cultural que ele promove.

Acontece que estudar inglês enquanto disciplina durante uma ou duas horas por semana, em uma turma com trinta alunos, não é o suficiente para dominar o idioma, ou ser fluente nele. Para adquirir proficiência em qualquer língua, entenda, é preciso de tempo, prática, dedicação e assiduidade.

O ensino de inglês não pode ser apenas teórico, mas focado na comunicação, na usabilidade do idioma. A maioria dos vestibulandos se forma conhecendo algumas regras gramaticais, porém sem saber conectar esses elementos e efetivamente se comunicar.

Como tudo na vida, aprender as regras do jogo é apenas o primeiro passo. É fundamental saber jogar! Para suprir essa falta crônica de uma metodologia adequada no ensino da língua inglesa, surgiu a educação bilíngue.

Quer saber mais sobre a educação bilíngue e as vantagens dela a longo prazo? Acesse o site Novos Alunos e descubra.


Grupo SEB

Além do blog, que trata sobre assuntos como educação bilíngue, período integral, ensino médio, vestibulares e Enem, você pode acompanhar o conteúdo do SEB por meio da página no Facebook e no canal do Youtube.