Na Yayá: “Uma Casa para a Xilogravura”

Casa de Dona Yayá recebe peças com mais de trinta anos pertencentes a museu localizado em Campos do Jordão

Por: Redação
por Antonio Francisco
Após a morte do fundador, o imóvel e todo o acervo do Museu passarão à propriedade da Universidade de São Paulo.

Com muitos anos de idade e origem incerta, a arte de xilogravura achou abrigo na cidade de Campos do Jordão (SP). Fundado em 1987 por Antonio F. Costella, o museu conhecido como Casa da Xilogravura reuniu diferentes obras feitas por mais de 400 artistas. Algumas dessas peças estarão expostas durante a mostra numa outra casa, a de Dona Yayá. Até 21 de junho o público terá acesso gratuito a exemplares com mais de 30 anos de existência.

Além de apresentar a coleção e os trabalhos desenvolvidos pela instituição, a exposição pretende situar alguns dos traços distintivos da xilogravura de ilustração e da xilogravura de arte, seja em termos de técnicas e estilos adotados, seja em termos de seus usos e origens sociais.

O horário de visitação é das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira.

1
48:28
ENEM! Aulão de história na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
2
59:42
ENEM! Aulão de português na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
3
47:47
ENEM! Aulão de matemática na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
4
04:21
Weintraub usa o MEC para tentar tirar verbete da Wikipédia do ar
Uma matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou o peso …
5
01:46
Os erros de português mais absurdos do governo Bolsonaro
A língua portuguesa não é bem o forte da gestão Bolsonaro. Vários nomes importantes do governo já escorregaram no idioma …
6
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
7
03:24
1ª diretora trans de uma escola pública em São Paulo
Paula Beatriz de Souza é a 1ª diretora trans de uma escola pública em Sã Paulo. Ela superou preconceitos para …
8
01:07
Maior Sarau do Mundo – Fernanda Beirão – A arte de perder, de Elizabeth Bishop
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e …