Últimas notícias:
Loading...

Faça isso para proteger suas contas bancárias em caso de celular roubado

Antes de sair para curtir o Carnaval, veja como garantir que seus dados e contas bancárias ficarão protegidos em caso de crime

Veja como proteger seus dados e contas bancárias em caso de celular roubado
Créditos: Depositphotos/terovesalainen
Veja como proteger seus dados e contas bancárias em caso de celular roubado

Em tempos de Carnaval e para quem vai cair na folia, o cuidado com o celular deve ser redobrado. Além de todas as medidas para evitar um roubo, infelizmente, também é preciso estar preparado caso você seja vítima desse crime.

Por isso, o governo brasileiro lançou uma ferramenta chamada Celular Seguro, com o principal objetivo de bloquear instantaneamente dispositivos roubados e prevenir acessos não autorizados a contas bancárias e outros serviços.

Após o registro de perda, roubo ou extravio do celular, os bancos e instituições financeiras que aderiram ao projeto realizarão o bloqueio das contas. As empresas de telefonia também começarão a efetuar o corte das linhas.

Como a ferramenta protege suas contas bancárias em caso de celular roubado?

A plataforma funciona como um “botão de segurança” que pode acabar sendo ativado em situações de roubo ou furto, bloqueando os aplicativos de instituições financeiras em até dez minutos.

O Celular Seguro pode ser acionado tanto pela vítima, quanto por uma pessoa de confiança previamente cadastrada.

“Em caso de celular roubado, basta acionar o sistema por um computador que a operadora telefônica e os bancos recebem a notificação no mesmo instante, bloqueando acessos”, explicou o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, em postagem nas redes sociais.

Após registrar a ocorrência no site da ferramenta, o usuário deve guardar o número do protocolo e também registrar um boletim de ocorrência na delegacia.

“Uma medida importante para diminuir a dor de cabeça e as perdas financeiras de quem passa por furto ou roubo”, completou o ministro.

Passo a passo para utilizar o Celular Seguro

O aplicativo está disponível para download na Google Play Store, para dispositivos Android, e na App Store, para iOS. Também é possível utilizar a ferramenta em um navegador no computador.

  • O primeiro passo é baixar o aplicativo “Celular Seguro” na loja de aplicativos do smartphone ou acessar diretamente pelo site;
  • O login ocorre por meio da conta gov.br;
  • Após fazer login, o próximo passo é ler os termos de uso do Celular Seguro, que informam a relação das instituições participantes, e concordar com eles;
  • Após o login, você verá uma tela com três opções: cadastro de telefone, indicação de pessoas de confiança e registro de ocorrências;
  • A opção “Registrar telefone” requer o preenchimento de informações como marca e modelo do aparelho, número da operadora e de série, além de outras informações pertinentes. Após fornecer essas informações, clique em cadastrar;
  • Para indicar uma Pessoa de Confiança, retorne à tela inicial e selecione a opção correspondente. Forneça os dados solicitados e clique em cadastrar;
  • No caso de ocorrências de roubo ou furto, acesse a opção “Registrar Ocorrência” na tela inicial através da sua conta em qualquer outro aparelho, e siga as instruções;
  • Para que o bloqueio ocorra, os números precisam estar vinculado ao CPF do titular da linha. 
Basta cadastrar seu aparelho no site do serviço
Créditos: Captura de tela
Basta cadastrar seu aparelho no site do serviço

Alerta sobre o uso

Utilizado apenas em casos de perda, furto ou roubo do aparelho, a ferramenta garante o bloqueio ágil do celular.

Porém, ela não oferece a possibilidade de desbloqueio. Caso o usuário emita um alerta de perda, furto ou roubo, mas recupere o telefone em seguida, terá que solicitar o desbloqueio entrando em contato com a operadora e bancos.

Um avanço na segurança digital

A ferramenta representa um grande avanço na segurança digital, já que o roubo de celulares é uma ocorrência comum no Brasil e muitas vezes os criminosos têm como objetivo acessar as contas e aplicativos bancários das vítimas.

Com o Celular Seguro, é possível bloquear rapidamente o acesso a estes aplicativos, protegendo as informações e os recursos financeiros do usuário.