Família faz homenagem ao ator Gésio Amadeu; ‘coração em buraquinhos’

O ator tinha 73 anos e estava internado por complicações decorrentes da infecção pelo novo coronavírus

Por: Redação

A família de Gésio Amadeu, 73 anos, que morreu na quarta-feira, 5, por complicações do novo coronavírus, fez uma linda homenagem nas redes sociais ao ator de “Chiquititas”. “O coração cheio de buraquinhos”, em referência à música da novela exibida pelo SBT.

“Não perdemos somente um grande ator, um grande amigo, um grande pai, avô e esposo, perdemos hoje um pedaço da história do teatro e da TV brasileira”.

Gésio Amadeu
Crédito: Reprodução/FacebookGésio Amadeu, o chefe Chico de Chiquititas, morre por complicações da covid-19

A publicação diz ainda que o que resta à família é “seguir em frente, agradecendo pelo tempo de vida desse mineirinho único, que com seu jeitinho come-quieto e sua disposição de enfrentar a vida”.

“[Gésio] conquistou o coração de todos os brasileiros e brasileiras. Esse não é o fim, isso não é um adeus, isso é somente um até logo. O Chefe Chico vai descansar!”, escreveu a família em referência ao personagem da novela infantil “Chiquititas”.

Gésio internando por covid-19

O ator Gésio Amadeu foi internado após ser infectado pelo novo coronavírus por causa da pressão alta. Seu filho, Mario Amadeu, chegou a relatar o caso nas redes sociais.

“Muitos sabem e muitos não sabem mas estou aqui para esclarecer algumas coisas que estão acontecendo com meu pai que pegou a covid-19. Meu pai, o ator Gesio Amadeu, no dia 24 de maio, foi a um primeiro hospital para realizar exames pois estava com a pressão alta fazia dias. Como a pressão não abaixava, por determinação médica, ele foi internado. Ele ficou 8 dias na UTI e provavelmente lá ele contraiu Covid. Foi na UTI deste primeiro hospital que meu pai teve febre a primeira vez. Ele teve alta e foi para um quarto, aí eu comecei a acompanhar o meu velho”, disse na ocasião.

Gésio Amadeu ficou muito famoso interpretante o chefe Chico, cozinheiro do orfanato, em “Chiquititas” (1997).

Com mais de 40 trabalhos no teatro e no cinema, Gésio Amadeu também é lembrado por diversas novelas, Ele atuou em “Os Imigrantes” (Band), “Éramos Seis” (Tupi), “Ana Raio e É Trovão” (Manchete), “Essas Mulheres” (Record), “Renascer”, “A Viagem”, “Terra Nostra”,  “Flor do Caribe” e “Força Tarefa”. (Globo) e diversas outras.

Compartilhe: