CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Felipe Neto publica vídeo-carta para artistas e influenciadores

"Influenciador que não se manifesta agora é cúmplice. Estamos oficialmente contra um regime fascista", disse o youtuber

Por: Redação

“Quem se cala perante o fascismo é fascista”, disparou o youtuber e empresário Felipe Neto em vídeo-carta publicado neste sábado, 9, no Twitter. Sua declaração é direcionada a artistas e influenciadores que, no atual momento caótico da política brasileira, não se posicionam sobre o governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

“Influenciador que não se manifesta agora é cúmplice. Estamos oficialmente contra um regime fascista. E quem se cala perante o fascismo é fascista. Ponto final”, disse Neto.

Crédito: ReproduçãoFelipe Neto manda recado para influenciadores que não se posicionam

Para ele, a gota d’água foi quando “Bolsonaro começou a ameaçar o STF (Supremo Tribunal Federal) e o Congresso Nacional”. “No momento que ele vai numa manifestação que pede o fechamento do STF e Congresso Nacional, que pede o AI-5 e grita no palanque, acabou a passada de pano”, desabafou.

“Na época das eleições, quando era PT contra Bolsonaro, eu entendi quando o pessoal ficou calado”, pontuou. Depois, o presidente assumiu e “apareceu muito escândalo”, explicou, citando como exemplo o caso Queirós, Caixa 2, fake news e investigações da Polícia Federal envolvendo a família Bolsonaro.

Bolsonaro é ameaça à luta contra o coronavírus no Brasil, diz revista médica

“E o pessoal foi ficando calado. Cantores, artistas, grandes youtubers, grandes instagramers… Calados. Só que aí acabou a tolerância”, ressaltou o youtuber, que parou de seguir quem se manteve isento durante esse período. “É uma cambada de covarde que tá mais preocupada com a quantidade de seguidores e dinheiro que ganha do que com o futuro da sua pátria, nação e da sua própria liberdade.”

“Acho que vocês sabem quem são esses influenciadores que ficam em cima do muro, que preferem a isenção a correr o risco de perder seguidores, a se posicionar contra o lunático [Bolsonaro] no poder e perder a admiração daqueles 30% da população brasileira que continua fiel a essa loucura.”

Como influenciador que tem muito alcance, Neto afirmou que é sua função “lutar pela liberdade”. “Quem se cala perante o fascismo, se torna fascista.”

Veja o vídeo na íntegra:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.