Foto de corpo ‘real’ de Scarlett Johansson gera discussão na internet

As críticas não foram perdoadas por outros internautas que saíram em defesa da atriz americana.

Por: Redação

A atriz Scarlett Johansson, 34 anos, foi alvo de críticas nesta semana nas redes sociais por conta do seu “corpo real”. Imagens da atriz em uma praia mostram uma leve curva em sua barriga e marcas naturais de celulite na coxa e no bumbum.

O debate no Twitter começou após um internauta chamado AlphaMale (Macho Alfa, em português) criticar a “barriga de cerveja” da atriz.

“Scarlett Johansson antes estava boa, agora tem barriga de cerveja, dá para ver como o feminismo está a destruindo”.

As críticas não foram perdoadas por outros internautas que saíram em defesa da atriz americana. Uma delas foi jornalista Marie Declerq, da Vice Brasil, que escreveu: “Scarlett Johansson nos TT por causa de um post visivelmente clickbait de uma página chamada ALPHA MALE. sinceramente, né gente”.

Veja mais abaixo:

https://twitter.com/russianwidsw?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1197204507823951873&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.metrojornal.com.br%2Fentretenimento%2F2019%2F11%2F21%2Fscarlett-johansson-corpo-internet.html

O que são celulites?

A celulite nada mais é que o acúmulo de gordura localizada que se apresenta em forma de covinhas na pele.  Hereditariedade, problemas circulatórios, alterações hormonais, má alimentação e falta de atividade física estão entre as causas da origem desse problema. Em alguns casos, o nível de inflamação da célula é tão grande que chega a causa dor local. Apesar disso, essa não é uma condição médica grave. Continue lendo tudo que você precisa saber sobre a celulite.

Como respeitar o corpo em tempos tão difíceis

Com tanta pressão para ter pernas definidas, barriga chapada, cabelos sedosos, braços fortes e sorriso super branco, é fácil acreditar que não há outro padrão a ser seguido. Esquece-se que, na verdade, a beleza está mesmo na diferença entre os corpos, já que todos carregam nas suas formas características únicas.

Essas provocações são o ponto de partida para que cada um questione e reflita sobre a relação que mantem com seu próprio corpo e, quem sabe, construa uma relação mais compassiva consigo mesmo, baseada em auto respeito, valorização, cuidado e carinho. Tentar a todo custo entrar em uma forma pré-definida não é sustentável nem saudável. Continue lendo

Compartilhe: