Como respeitar o corpo em tempos tão difíceis

Embora esse texto não traga nenhuma resposta mágica, algumas reflexões podem te ajudar a descobrir como respeitar seu corpo em tempos de insatisfação

Por: Marcela Kotait

A moda e o padrão de beleza não poupam a pluralidade de formas físicas. Desde Marilyn Monroe, ser bonito parece algo quase impossível para a maioria das pessoas. Se hoje Marilyn não reina mais por aqui, o hit do verão é o corpo cheio de músculos, e a praia parece ser um desafio (sobre essa pressão para o corpo de praia perfeito, escrevi recentemente para a Catraca aqui).

três mulheres de lingirie
Crédito: Delmaine Donson/istockA beleza está na diferença entre os corpos

Num breve passeio pelos padrões de beleza das últimas décadas, o comum entre todos é a pequena silhueta e ossos marcando desde o ombro ao quadril. Ao analisar dados populacionais, porém, os índices de sobrepeso e obesidade no Brasil aumentam ano após ano. Ou seja, a forma física disseminada como perfeita é muito distante do corpo real dos brasileiros.

Ainda colocando em xeque as contradições entre o corpo ideal e as possibilidades para alcançá-lo, o triplo F – força, foco e fé – na hora de se exercitar também funciona como um gatilho para aumentar a má relação com o corpo. Atualmente é muito comum o uso de atividades físicas com intuito exclusivo de queima de calorias e compensação da alimentação. O exercício físico não tem mais como propósito o prazer de movimentar o corpo. A busca pela barriga tanquinho é o único motivo pelo qual muita gente frequenta a academia.

Com tanta pressão para ter pernas definidas, barriga chapada, cabelos sedosos, braços fortes e sorriso super branco, é fácil acreditar que não há outro padrão a ser seguido. Esquece-se que, na verdade, a beleza está mesmo na diferença entre os corpos, já que todos carregam nas suas formas características únicas. Essas provocações são o ponto de partida para que cada um questione e reflita sobre a relação que mantem com seu próprio corpo e, quem sabe, construa uma relação mais compassiva consigo mesmo, baseada em auto respeito, valorização, cuidado e carinho. Tentar a todo custo entrar em uma forma pré-definida não é sustentável nem saudável.

Texto escrito pela nutricionista Marcela Kotait.

Compartilhe:

1
Coronavírus: Brasil está pronto para lidar com a doença, diz ministro
O Ministério da Saúde confirmou na quarta-feira, 27, o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil. O paciente é um …
2
Coronavírus: doença pode se tornar uma epidemia no Brasil?
Desde os primeiros rumores do surto de coronavírus na cidade de Wuhan, na China, em dezembro, uma enxurrada de informações …
3
Brasil registra primeira suspeita de coronavírus
Em nota, a Secretária de Saúde do Estado de Minas Gerais confirmou a primeira suspeita de coronavírus, doença misteriosa que …
4
Doença desconhecida preocupa médicos e autoridades na China
Uma pneumonia viral e com causas desconhecidas tem despertado a atenção de médicos, especialistas e autoridades na cidade Wuhan, região …
5
Fone de ouvido: o que ele pode causar na sua audição
Segundo informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 50% da população entre 12 e 35 anos corre o risco …
6
Câncer de próstata: saiba o que é e como se prevenir da doença
O câncer de próstata é o segundo tipo de tumor mais comum entre os brasileiros. De acordo com informações do …
7
03:38
Cuidados e prevenções para a saúde das mulheres
Dores menstruais parecem típicas, mas podem ser um sinal de endometriose.Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, …
8
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores.Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …