Globo se manifesta sobre vídeo em que Emily do BBB17 relata agressões

A emissora confirmou a veracidade das imagens e afirmou que as entregou à Justiça

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A TV Globo se manifestou por meio de nota, na tarde desta quinta-feira, 27, sobre o vídeo vazado na noite de ontem, em que Emily do BBB17 relata as agressões a uma advogada e um médico da emissora.

Crédito: Reprodução/TVGloboGlobo se manifesta sobre vídeo em que Emily do BBB17 relata agressões

Segundo a Globo, as as imagens do encontro de Emilly Araújo com a advogada e o médico são as mesmas que a emissora entregou “às autoridades competentes” ao cumprir uma determinação judicial neste ano. O processo em questão, é movido por Marcos Harter contra a Globo.

“A Globo tem rígidas medidas de segurança da informação constantemente revistas. No caso específico dessas imagens, em cumprimento a uma determinação judicial, elas foram entregues às autoridades competentes na ação movida pelo ex-participante do BBB, Marcos Harter, contra a Globo.”

Segundo informou o Noticias da TV, em março, o ex-BBB pede R$ 750 mil de danos morais à Globo como indenização. A ação foi distribuída à 28ª Vara Cível de São Paulo no dia 20 de fevereiro.

No processo, Harter alega que teve sua imagem prejudicada pela Globo ao ser expulso do “BBB17” acusado de agressão.

Entenda o caso

Após mais de três anos, o BBB17 (Big Brother Brasil), reality da Globo, voltou a ser assunto nas redes sociais nesta quinta-feira, 26. O motivo é o vazamento do vídeo em que a vencedora do reality, Emilly Araújo, relata as agressões sofridas pelo médico Marcos Harter.

Nas imagens, gravadas no dia 10 de abril de 2017, Emilly aparece conversando com uma advogada, que orienta a sister sobre seus direitos. Toda a conversa é acompanhada de um médico do reality da Globo.

Para mais detalhes, clique no link abaixo.