Glória Perez critica Globo por filmar série sobre Caso Eliza Samudio

Muitas especulações surgiram nas redes sociais sobre o fato de a emissora dar voz ao crime cometido pelo ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes de Souza

Por: Redação

A autora de novelas Glória Perez está incomodada com a possibilidade de a TV Globo gravar uma série sobre o Caso Eliza Samudio, em que o goleiro Bruno, ex-atleta do Flamengo, foi preso em 2010 por participação no sequestro e assassinato de Eliza.

De acordo com informações do jornalista Léo Dias, do UOL, A atriz Vanessa Giácomo estaria confirmada no papel da vítima do crime.

ONG faz petição para impedir goleiro Bruno de voltar ao futebol

gloria perez e goleiro bruno
Crédito: ReproduçãoGlória Perez critica decisão da Globo de fazer série sobre Elisa Samudio

Pelo Twitter, Glória Perez compartilhou uma notícia sobre a série e comentou: “Oi? Só pode ser piada! E de mau gosto”. A Globo comprou os direitos do livro “Indefensável — O Goleiro Bruno e a História da Morte de Eliza Samudio”, da editora Record.

Relembre o Caso Eliza Samudio

Em 2009, a modelo e atriz Eliza Samudio, que tinha 25 anos e um filho com o goleiro Bruno, foi brutalmente assassinada.

Depois de conflitos por conta da gravidez e pedidos para que ela fizesse um aborto, Bruno foi denunciado por ela à polícia por agressão. Mesmo após as denúncias, Eliza foi vítima de cárcere privado, estrangulamento e esquartejamento. Além do goleiro, outros suspeitos estavam envolvidos no crime.

O goleiro foi condenado a 20 anos e nove meses de prisão pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza e pelo sequestro e cárcere privado de Bruninho, filho dos dois.

Em 19 de julho de 2019, a Justiça de Minas Gerais decidiu conceder regime semiaberto domiciliar ao ex-goleiro. Hoje, ele tenta voltar ao esporte.