Últimas notícias:

Loading...

JN fica nos trends após repudiar Bolsonaro e defender Miriam Leitão

Nota de repúdio da emissora mostra que Bolsonaro mente e que Miriam foi presa durante a Ditadura Militar, torturada e não participou da luta armada

Por: Redação

O Jornal Nacional mal acabou e já foi parar nos trends do Twitter, após finalizar a edição com uma nota de repúdio contra a atitude do presidente Jair Bolsonaro em difamar a jornalista Miriam Leitão.

A âncora Renata Vasconcellos leu a declaração emitida pela Rede Globo, em decorrência de Bolsonaro ter contato mentiras à jornalistas estrangeiros em relação a postura de Miriam durante a ditadura militar. Entenda o caso. 

“Essas afirmações do presidente causam profunda indignação e merecem absoluto repúdio. Em defesa da verdade histórica e da honra da jornalista Miriam Leitão, é preciso dizer com todas as letras que não é a jornalista quem mente. Miriam Leitão nunca participou ou quis participar da luta armada. À época militante do PCdoB, Miriam atuou em atividades de propaganda”, relata parte da nota. Leia a nota completa. 

Imediatamente, os tuiteiros começaram a postar ovacionando a postura da emissora.