Últimas notícias:

Loading...

Luciano Szafir é internado após reinfecção por covid-19

Ator, que ainda não tinha se vacinado contra a doença, está com o quadro de saúde estável

Por: Redação

O ator Luciano Szafir, de 52 anos, foi internado no Hospital Samaritano, na zona sul do Rio de Janeiro, após testar positivo para a covid-19 pela segunda vez.

De acordo com a coluna da jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o pai de Sasha apresenta quadro de saúde estável e está no décimo dia de sintomas.

Luciano Szafir
Crédito: Reprodução/Instagram/szafiroficial/Luciano Szafir é internado após ser reinfectado por covid-19

A coluna apurou que o ator chegou a fazer um primeiro teste após se sentir mal, mas o resultado foi um falso negativo.  Como os sintomas persistiram, Luciano Szafir refez o exame e constatou que ele tinha sido reinfectado por covid-19. A primeira vez que o ator teve a doença foi no ano passado.

Como no início os sintomas eram leves, como dor de cabeça e febre, ele se isolou e seguiu em casa. Porém, nesta terça-feira, 22, foi internado e está usando de respirador direto no nariz.

Ainda segundo coluna, o ator ainda não se vacinou, pois a campanha de vacinação não tinha chegado em sua faixa etária.

Reinfecção por covid-19

Não é porque uma pessoa já teve covid-19 que ela deve relaxar nos cuidados. Muito pelo contrário. A chance de reinfecção existe e a doença pode manifestar-se com sintomas muitos mais fortes em uma segunda vez.

A descoberta foi feita por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Instituto D’Or de Ensino e Pesquisa (Idor).

O estudo avaliou casos de reinfecções no estado do Rio de Janeiro que mostraram que pacientes desenvolveram uma resposta corporal inflamatória mais intensa e com sintomas mais agudos em relação à primeira infecção.

De acordo com os pesquisadores, essas reinfecções não estavam ligadas a nenhuma variante do coronavírus, derrubando a crença de que o segundo contágio só ocorre por conta das novas cepas como a brasileira, a do Reino Unido e da África do Sul.

Compartilhe: