Últimas notícias:

Loading...

Marco Pigossi culpa Bolsonaro pela morte de Paulo Gustavo

O ator de 32 anos, que está morando nos Estados Unidos, revelou que está imunizado há 32 dias

Por: Redação

Durante a tarde desta quarta-feira, 5, o ator Marco Pigossi, que está vacinado aos 32 anos por estar morando nos Estados Unidos, culpou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pela morte de Paulo Gustavo. O ator morreu em decorrência da Covid-19 na última terça-feira, 4.

Marco Pigossi culpa Bolsonaro pela morte de Paulo Gustavo
Crédito: Reprodução/InstagramMarco Pigossi culpa Bolsonaro pela morte de Paulo Gustavo

Em postagem no Instagram, Pigossi está recebendo o imunizante nos Estados Unidos. No texto, ele revela que foi vacinado a 32 dias atrás. Por conta de testes e projetos para o streaming, como a série “Cidade Invisível”, da Netflix, o humorista reside na Califórnia.

“Eu tomei a vacina há exatos 32 dias. E não ia postar essa foto, achei que não seria de bom tom. Mas, diante de tantas perdas no nosso país, decidi postar. Porque o intuito é mesmo gerar indignação”, iniciou o ator, que reclamou de Bolsonaro.

“Indignação com um líder que ignorou uma doença e é diretamente responsável pela morte de mais de 400 mil brasileiros. Aqui, o líder que ignorava a doença foi trocado. O novo presidente, com um plano honesto e organizado, já vacinou metade da população”, complementou Pigossi, em referência à eleição de Joe Biden nos Estados Unidos.

“Ontem foi o segundo dia consecutivo sem mortes na Califórnia. Ontem foi o dia em que perdemos um ícone que o Brasil tanto amava. Ontem poderia ter sido evitado. Poderia ter sido evitado mais de 400 mil vezes”, terminou o protagonista da novela A Força do Querer (2017), da Globo.

Compartilhe:

Tags: #Famosos