Marco Pigossi critica reprise de ‘Fina Estampa’ na Globo

"Tinha que ser proibida", disse o ator, que interpretou o Rafael na novela

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Atualmente exibida no horário nobre da TV Globo, a novela “Fina Estampa” não é motivo de orgulho para o ator Marco Pigossi. Gravada em 2011, a trama reproduz estereótipos machistas, racistas e homofóbicos, e já foi muito criticada nas redes sociais.

Marco Pigossi participou de uma live com o ator João Vicente De Castro no Instagram do canal GNT na sexta-feira, 7, e um trecho desse bate-papo viralizou nas redes sociais. Neste trecho, o ator comenta sobre “Fina Estampa”.

“Eu me vendo agora em 2011, essa ‘Fina Estampa’ que tá passando agora foi 2011. Eu tinha 22 anos, com umas mechas loiras no cabelo. Fora o que se falava. Essa novela deveria ser proibida de reprisar porque são tantas barbaridades. É uma loucura passar uma novela dessa”, opinou o ator.

marco pigossi fina estampa
Crédito: Reprodução/TV GloboMarco Pigossi critica “Fina Estampa”, da Globo, e diz que ela deveria ser proibida

Pigossi ainda fez uma análise sobre o panorama político da época, em comparação com os dias atuais. “É interessante ver… Em 2011 era um tempo em que as pessoas ainda podiam se dar o direito de [falar] ‘Ai, eu não ligo pra política’. Não tinha muito essa… Era o começo dessa discussão”, disse.

Aguinaldo Silva rebate criticas de Marco Pigossi à Fina Estampa

E encerrou dizendo que reprisar “Fina Estampa” agora “é uma loucura”. “Agora você passar uma novela dessas hoje é uma loucura. Tem coisas… Eu tenho vergonha de algumas coisas que são faladas na novela, de como são tratadas na novela, vergonha um pouco também da minha atuação, tenho vergonha das minhas mechas loiras. Mas faz parte. É interessante também olhar pra traz e brincar”, afirmou.

Compartilhe: