Mauro Naves é apontado como sócio de advogado do caso Neymar

Globo investiga suposto contrato oculto que repórter pode ter assinado no passado

Por: Redação | Comunicar erro

O envolvimento de Mauro Naves no caso Neymar ganhou mais um desdobramento, após a Globo anunciar o afastamento do repórter da cobertura da Copa América.

Isso porque os executivos da emissora carioca suspeitam que o jornalista não é apenas amigo de José Edgard Bueno Filho, primeiro advogado de Najila Trindade – que acusa o jogador – mas também sócio do profissional.

Crédito: Reprodução/TV GloboMauro Naves está sendo investigado por outras suspeitas do caso Neymar

Segundo o “Notícias da TV”, Naves teria algum tipo de parceria com Bueno no restaurante Paris 6 Vaudeville, na rua Haddock Lobo, nos Jardins, em São Paulo.

MAURO NAVES PODE SER DEMITIDO DA GLOBO

O que teria levantado a suspeita da alta cúpula da Globo foi o fato de o jornalista ter um quadro com sua imagem e um prato com seu nome no restaurante, além de uma imagem que circula nas redes sociais de um contrato assinado de sociedade oculta com Isaac Azar, ‘mentor’ do estabelecimento. “O cara sabe de tudo, meu amigo e sócio, Mauro Naves”, escreveu Isaac na legenda do post.

Crédito: Reprodução/FacebookMauro Naves segurando uma espécie de contrato ao lado de Isaac Azar, dono do Paris 6

Porém, o nome do repórter não aparece na documentação da empresa registrada na Jucesp (Junta Comercial de São Paulo) sob a razão social de A3 – Vaudeville Comércio de Alimentos e Bebidas Ltda.

Ainda de acordo com a publicação, o advogado foi CEO do estabelecimento até 2018.

Agora, a emissora procura descobrir que contrato foi esse que Naves assinou e se ele, de fato, algum dia teve alguma relação societária com o Paris 6 e, principalmente, com o advogado Bueno Filho..

Naves está sendo investigado como suspeito de ter ajudado Bueno a tentar um acordo com o staff de Neymar Jr. para que Najila não denunciasse o jogador por estupro e agressão.

Compartilhe:

1 / 8
1
02:29
Sequestro na Ponte Rio-Niterói termina após mais de três horas
Um homem armado entrou em um ônibus e manteve 37 reféns no início desta terça-feira, 20, na Ponte Rio-Niterói, via …
2
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
3
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
4
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
5
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
6
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
7
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
8
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …