Paola Carosella dá melhor resposta à fala homofóbica de Bolsonaro

O presidente disse que "o Brasil não é um país do mundo gay", e a jurada do Masterchef resolveu dizer umas verdades sobre o assunto

Por: Redação

Após dizer que “o Brasil não pode ser do mundo gay” pois “temos famílias aqui”, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) recebeu uma das melhores respostas à essa homofobia escancarada de uma cozinheira argentina: Paola Carosella.

Morando no Brasil há quase 20 anos, Carosella mostrou entender mais da nossa realidade do que aquele que ocupa o mais alto cargo do Executivo. 7 x 1 para a Argentina!

carosella bolsonaro
Crédito: ReproduçãoPaola Carosella dá a melhor resposta à fala homofóbica de Jair Bolsonaro

PAOLA ENGAJADA: CHEF CRITICA ABANDONO DO COMBATE ÀS ENCHENTES EM SP

Em seu Twitter, Carosella respondeu a Bolsonaro aquilo que todos nós gostaríamos de dizer. LGBTs são cidadãos quanto quaisquer outros: estudam, trabalham, pagam impostos e contribuem para o crescimento do país.

“Eu tenho família, e na minha família tem gays. Todos produzindo, ralando pacas e gastando grana no Brasil”, escreveu a jurada do Masterchef Brasil.

Após essa publicação, a conta de Carosella no Twitter foi invadida por apoiadores de Bolsonaro, que passaram a criticá-la e até mesmo a ofendê-la por seu posicionamento. E a chef não deixou barato:

“A estupidez, a cegueira, a respostinha babaca e vazia, a bandeirinha com a arminha e o kkkk e os óculos de sol do emoji… Se acham os reis do capitalismo e do livre mercado e defendem ações indefensáveis cegamente. Fanáticos babacas e radicais.”, escreveu.

A partir do momento em que Bolsonaro conseguir enxergar que um LGBT também contribui com o crescimento econômico do Brasil, quem sabe assim passará a dar mais valor e a soltar menos falas homofóbicas como a última.