Para Bolsonaro, Brasil tem famílias e não pode ser ‘do mundo gay’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a manifestar seu sentimento de ódio à comunidade LGBT

Por: Redação

“O Brasil não pode ser um país do mundo gay, de turismo gay. Temos famílias”, disse o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), nesta quinta-feira, 25, durante o café da manhã com jornalistas.

Crédito: Agência Brasil/Marcelo CamargoPara Bolsonaro Brasil tem família e não pode ser ‘do mundo gay’

A declaração foi dada sobre a recusa do Museu Americano de História Natural de Nova York em sediar o evento organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos que o homenagearia.

7 MOTIVOS PARA DESCONFIAR DE JAIR BOLSONARO

“Eu recebo (a homenagem) na praia, numa praça pública. Não é o museu que está me homenageando. O que houve foi pressão do governo local que é Democrata e eu sou aliado do (presidente dos EUA) Donaldo Trump”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro já disse em entrevistas que é “homofóbico, com muito orgulho” e que preferia ter um filho morto a um filho homossexual. Quando era deputado federal pelo PP, por exemplo, ele afirmou que “ter filho gay é falta de porrada”