Paola Carosella se revolta após ser chamada de ‘vagabunda’ por perfil fake

A jurada do ‘Masterchef’ rebateu perfil fake atribuído à jornalista Monica Bergamo e depois apagou o post

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A chef Paola Carosella ficou revoltada após ser xingada de “vagabunda” por um perfil que se passou pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha. A jurada do ‘Masterchef’ rebateu com veemência ao xingamento e a resposta acabou viralizando no Twitter.

Paola Carosella
Crédito: Reprodução/TVBandPaola Carosella se revolta ao ser chamada de ‘vagabunda’ por fake no Twitter

“Vagabunda? A vagabunda aqui emprega direta e indiretamente mais de 300 pessoas. Abriu lojas e criou empregos durante a pandemia, pagou só neste ano mais de 2 milhões em impostos, e fez apenas neste ano doações que superam o quarto de milhão do seu próprio bolso. Vc fez o q ?”, disparou a chef argentina radicada no Brasil.

Paola Carosella
Crédito: Reprodução/TwitterA chef Paola Carosella rebateu perfil fake atribuído à jornalista Monica Bergamo, que a xingou de ‘vagabunda’

O xingamento ocorreu após um internauta marcar o perfil de Paolla Carosella em uma notícia falsa que falava sobre a vinda de argentinos para o Brasil. “Começa o êxodo dos argentinos para o Brasil fugindo do governo do Foro de SP”, diz a textp. O perfil fake, então, escreveu: “Tenho asco até do nome dessa vagabunda”.

Muitas internautas saíram em defesa de Paola. No entanto, o que ela não percebeu que o perfil era fake. A conta usava o nome de Monica Bengamo,

No Twitter, a “verdadeira” Mônica Bergamo se explicou e pediu para a chef apagar a postagem. “Infelizmente a Paola Carosella divulgou um perfil fake do Twitter que tenta imitar a minha conta. Fica aqui o alerta, já feito por seguidores na própria postagem dela – que segue no ar”, escreveu a jornalista da Folha.

Após perceber que caiu numa pegadinha, a chef Paola Carosella deletou o post. “Já apaguei bloqueie e denunciei o perfil”.

Não é a primeira vez que a jurada do ‘Masterchef’ é atacada nas redes sociais. Episódios de machismo e xenofobia são constantes.

Compartilhe: