CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Rafa Kalimann interpreta mãe que perdeu o filho no massacre de Suzano

A ex-BBB ficou emocionada com o resultado final do clipe que gravou com o grupo gospel Vocal Livre

Por: Redação

A ex-BBB Rafa Kalimann interpretou uma mãe que perdeu o filho no massacre de Suzano, em um clipe do grupo gospel Vocal Livre e compartilhou algumas cenas, em seu Instagram, nesta quarta-feira, 13, revelando ter ficado emocionada com sua atuação.

rafa kalimann bbb
Crédito: Reprodução/YoutubeRafa Kalimann interpreta mãe que perdeu o filho no massacre de Suzano

O clipe é baseado em fatos reais, contando a história de uma das vítimas do massacre, o jovem Samuel Melquíades, que perdeu a vida tentando salvar colegas dos dois assassinos que invadiram a escola em Suzano, em março de 2019.

Rafa Kalimann aparece com um visual muito diferente do que estamos habituados e no post disse que ficou muito comovida com o trabalho, que foi aprovado pela família do jovem .

“Esse trabalho é mais do que o clipe de uma música incrivelmente especial para mim. Samuel morreu no atentado de Suzano e nos deixou uma lição linda. Respeitei muito fazer esse papel pensando em cada mãe que viveu essa dor e, principalmente, representando a mãe dele, que nos permitiu. Chorei assistindo. Obrigada pelo privilégio de fazer parte desse trabalho, Vocal Livre”, agradeceu.

O grupo Vocal Livre classificou a mensagem transmitida pelo clipe “urgente”. “Estamos extasiados. A mensagem desse clipe é TÃO URGENTE. Obrigada pelas doações. Obrigada pelos comentários cheios de carinho e amor. Que, acima de tudo, o amor prevaleça na sua vida, e ele se manifeste dentro de você, como um reflexo da presença de Deus. Nosso amor e nossos cumprimentos à família do Samuel, que tão gentilmente contribuiu para que essa história fosse passada adiante”, escreveu no Instagram.

Dedicada às vítimas do atentado, o clipe ainda deixa uma mensagem bonita para todos refletirem: “A vida é o que temos de mais valioso e também de mais frágil. É o instinto que nos manda protegê-la. Samuel Melquíades Silva de Oliveira morreu no dia 13 de março de 2019, no massacre de Suzano. Tinha só 16 anos, mas não hesitou entregar seu maior bem para proteger alguém que conhecia muito pouco”.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.