Seu Jorge detona Bolsonaro após ser chamado de ‘bolsominion’

O cantor foi acusado na web de apoiar o presidente e fez uma live para dizer justamente o contrário

Por: Redação

O cantor ator e multi-instrumentista, Seu Jorge detonou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) após ser chamado de ‘bolsominion’, em uma série de posts na internet, nesta quarta-feira, 13. O nome do artista foi parar nos trending topics – assuntos mais comentados – do Twitter, depois que ele fez uma live, em seu perfil, no Instagram, para desmentir o boato.

Seu Jorge Bolsonaro
Crédito: Reprodução/InstagramSeu Jorge detona Bolsonaro após ser chamado de ‘bolsominion’

O que levou os internautas a chamarem Seu Jorge de ‘bolsominion’ , foi o ressurgimento, na web, de uma matéria do Diário do Centro do Mundo intitulada: Seu Jorge passa pano para Bolsonaro: “São sete meses. É necessário ver o que será implementado”.

Com a política nefasta de Bolsonaro no combate ao novo coronavírus, obviamente, a repercussão da declaração antiga do cantor não foi boa. Isso motivou Seu Jorge a fazer a live em que se explicou. “Não tem a menor condição” de apoiar Bolsonaro, disse o artista.

Em outro post, onde fez uma referência  simbólica ao 13 de maio, dia da abolição da escravatura no Brasil, Seu Jorge disse “odiar esse 171”, em um comentário. O ‘171’ é uma referência ao artigo do código penal referente a estelionato.