Silvio Santos tira SBT Brasil do ar para proteger Bolsonaro

A atitude foi uma censura ao jornalismo que tem como função informar a população dos acontecimentos políticos no país

Por: Redação

Não é de hoje que núcleo de jornalismo do SBT tem ordens claras do patrão de que não devem noticiar nenhuma informação negativa em relação ao governo Bolsonaro, mas dessa vez o dono da emissora cometeu um ato de censura grave.

Crédito: ReproduçãoO SBT Brasil foi censurado por Silvio Santos para poupar Bolsonaro

Silvio Santos não deixou ir ao ar a edição de ontem, 23, do principal telejornal do canal, o SBT Brasil. O motivo seria  impedir que o vídeo da reunião ministerial divulgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) fosse transmitido mais uma vez dentro do SBT, já na edição da sexta-feira, 22, o fato não teria agradado o presidente Bolsonaro.

A equipe de jornalismo recebeu a ordem na tarde deste sábado, um pouco antes já sabiam que não era permitido abordar o assunto, porém continuaram trabalhando em outras pautas imaginando que a edição seria vinculada normalmente.

Foi a primeira vez que o SBT Brasil deixou de ser transmitido. No lugar, foi reprisado o programa Triturando, no qual os apresentadores condenam a atitude de celebridades.

Compartilhe: