Modelos plus size mostram como programas de edição podem enganar

Por: Redação
Modelos plus size mostram o poder dos programas de edição

Duas modelos plus size pediram para uma fotógrafa editar suas fotos em um programa de edição de imagens para mostrar como essas ferramentas podem enganar.

A proposta de Diana Sirokai e Callie Thorpe é mostrar como campanhas e revistas de moda podem distorcer os corpos das modelos.

“Nossa proposta é mostrar como as revistas e a mídia em geral leva à edição de imagens para um outro nível. Modelos e celebridades nem mesmo se parecem com elas mesmas”, criticou Diana em seu perfil no Instagram.

Leia também:

Em seguida, ela manda uma mensagem empoderadora. “Nós vivemos em um mundo tão falso, é hora de voltarmos à realidade. Seja quem você é e arrase!”, aconselhou a modelo.

“Não é à toa que as mulheres estão cada vez mais inseguras. Por anos elas foram submetidas a imagens alteradas pela mídia”, reforçou Callie na rede social. “Queremos mostrar às mulheres que é ok parecer ‘normal’ com celulite, estrias e barriguinha que não é tanquinho. Seja feliz com o que você é e na sua própria pele”, destacou.

Confira a postagem:

  • Leia mais:

Compartilhe: