Chef Bel Coelho leva sabor peruano pra calçada do Clandestino

Na rua, ocorrerão shows gratuitos de chorinho e o melhor do samba.

Por: Redação | Comunicar erro

Quem acompanha o trabalho da chef Bel Coelho bem sabe que uma de suas grandes paixões é a autêntica cozinha do Brasil e toda a sua riqueza de ingredientes. O menu do Clandestino, criado por ela, não deixa mentir já que possui como tema os Biomas Brasileiros. Só que a chef viajou em abril deste ano para o Peru e trouxe na bagagem diversas receitas do nosso vizinho latino americano.

Inquieta, ela resolveu criar um evento mensal para velhos e novos convertidos de sua cozinha no qual apresenta estes pratos a um preço mais acessível (entre R$ 15 e R$ 25) nas tardes de sábado, ali mesmo na calçada do Clandestino, do ladinho do Beco do Batman. A segunda edição do Canto da Bel ocorre no dia 23 de julho, das 12h às 18h, e tem entrada Catraca Livre.

Canto da Bel toma conta da calçada do Clandestino
Canto da Bel toma conta da calçada do Clandestino
Taqueños Peruanos de Cerdo (R$ 18, quatro unidades). Foto: Lucas Terribili / Divulgação
Taqueños Peruanos de Cerdo (R$ 18, quatro unidades). Foto: Lucas Terribili / Divulgação
O tradicional ceviche (R$ 20) surge em uma versão de Cavala com Cambuci e Farinha Ovinha.Foto: Lucas Terribili / Divulgação
O tradicional ceviche (R$ 20) surge em uma versão de Cavala com Cambuci e Farinha Ovinha.Foto: Lucas Terribili / Divulgação

Para abrir os trabalhos, foram escolhidos os petiscos Taqueños Peruanos de Cerdo (R$ 18, quatro unidades), rolinhos fritos de massa crocante, recheados com porco e repolho, servidos com maionese com ají. O tradicional ceviche (R$ 20) surge em uma versão de Cavala com Cambuci e Farinha Ovinha, que agrega ao preparo dois ingredientes nativos brasileiros, usados na temporada atual do Clandestino.

Já o Arroz Chaufa de Lulas (R$ 25) é inspirado na cozinha Chifa, surgida a partir da forte imigração chinesa para o Peru e que combina características de ambas as culinárias, em um arroz frito com um toque oriental, que leva broto de feijão, brócolis, pimentão, gengibre, ovo e óleo de gergelim e é servido também em versão vegetariana, sem as lulas.

Para a sobremesa, Mousse de Atemoya com Calda de Tamarillo (R$ 15), que usa as frutas andinas também consumidas por aqui. Para beber, Pisco Sour (R$ 15), a cerveja Jackpot Helles (R$ 15), rótulo artesanal da cervejaria Blondine, e suco de Grumixama (R$ 7), fruta nativa da Mata Atlântica.

Compartilhe:

1 / 8
1
01:26
Massa de crepe doce
Nesse programa você irá aprender como fazer diferentes tipos de crepes, tradicional alimento da cozinha popular francesa. Os vídeos apresentam …
2
01:29
Camarão ao catupiry: pra deixa todo mundo com água na boca
Receita de camarão ao catupiry
3
01:56
Camarão ao molho oriental
O camarão pode soar como um ingrediente um tanto quanto sofisticado e complicado de preparar, não é mesmo? No entanto, nem tudo …
4
01:53
Risoto tailandês de camarão para despertar o seu lado chef
Receita de risoto tailandês com camarão
5
37s
Drink com sorvete de coco: borbulha, refresca e dá um grau
Receita de drink com espumante e sorvete de coco
6
47s
Drink de morango borbulhante para impressionar o crush
Receita de drink de morango com vinho espumante.
7
01:06
Drink cítrico e geladinho para refrescar o seu dia
Receita de drink cítrico com vinho espumante
8
50s
Drink elegante com frutas vermelhas
Receita de drink de frutas vermelhas e vinho espumante.