Últimas notícias:

Loading...

Pequeno guia de ervas e temperos

Conheça mais sobre algumas ervas e temperos que utilizamos bastante no dia a dia mas nem sempre conhecemos todo seu potencial!

Ouça este conteúdo

Quando você pensa em comida indiana já pensa em um monte de tempero e pimenta, não é mesmo? E a famosa culinária baiana? Cominho, coentro, pimenta dedo-de-moça, tomilho e muitas outras são ervas ou pós que muitas vezes são utilizados sem conhecimento total. Por isso, o que acaba acontecendo muitas vezes é um exagero ou mal uso e aí dizer que não gosta de tal tempero fica mais fácil.

Gostar de cozinhar é gostar de temperar, mas não vale temperar de qualquer jeito. Saber como valorizar seu prato além do que ele já propõe é uma arte essencial na gastronomia.

Dicas CyberCook

O CyberCook te ajuda com dicas e quais são as ervas e especiarias ideais para cada uso na sua cozinha. Aproveite!

  • Alecrim: Encontrado fresco, seco e em pó, vai muito bem em  carne  de  porco,  cabrito,  carneiro,  vitela,  sopas, molhos, embutidos e peixe. Serve também para aromatizar vinagres e óleos. Deve sempre  ser usado com moderação. Faz parte das “ervas finas”.
  • Açafrão: Normalmente encontrado como um pó alaranjado, é um tempero muito interessante para ser utilizado em peixes, no frango e para dar uma cara bem diferente no seu arroz. Combina bem com louro,  canela,  cravo,  cardamomo,  anis  estrelado, noz moscada ou macis.
  • Anis: O anis-estrelado é bastante usado na cozinha chinesa e vietnamita para aromatizar carne de porco e pato, no tempero de sopas e nos chá chineses. No Ocidente, é usado em doces, biscoitos e no preparo de licores, como o Anisete e o Absinto. Pode ser encontrado em grãos e em óleo.
  • Canela: Pode ser encontrada em rama, para a elaboração de caldas para pudins, bolos, frutas e sorvetes. E em pó para elaboração de bolos e sorvetes. Usada em presunto, carne, ave, peixe, doce, massa, compota, bolo, mingau, creme, pão e bebida.
  • Coentro: Especial para preparos com peixes e frutos do mar, principalmente quando utilizado em folhas frescas. Se a opção for o grão moído, vai muito bem em pães e biscoitos.
  • Cominho: Grãos secos podem ser polvilhados em pães artesanais e grãos moídos vão muito bem em carnes. Também servem para aromatizar licores e embutidos.
  • Cravo: Ótimo para pães, bolos, doces, cremes, caldas, saladas, molhos, licores, frutos do mar, chutneys, vinagretes e vinha-d`alhos. Tome cuidado com a quantidade por ser um ingrediente com muita presença.
  • Erva-doce (Funcho): Para a elaboração de bolos, biscoitos, pães doces e na decoração (empratados). As sementes servem para preparar pratos com carne de porco (lingüiças, embutidos), além de aves e cordeiro. É deliciosa com peixes gordurosos (arenque) e para aromatizar pães e bolos.
  • Gengibre: Para elaboração de caldas, doces e em pouquíssima quantidade na decoração. O melhor gengibre é o mais jovem por ser mais delicado e aromático .Na hora de comprar opte pelas raízes menores e pouco enrugadas e para guardar na geladeira envolva em papel toalha e sem o saco plástico.
  • Gergelim: Para elaboração de caldas, doces e em pouquíssima quantidade na decoração. Além de torrar as sementes, existem três outras maneiras de preparar o gergelim: óleo de gergelim, tahine e gersal ou sal de gergelim.
  • Hortelã: Para elaboração de molhos frescos e decoração (empratados e travessas). Usada em marinadas, saladas, molhos, geléias, chutneys, carnes assadas, em infusão e como licor.
  • Manjerona: ótima para condimentar saladas,  massas,  molhos,  carnes  em  geral  e embutidos,  sopas  e  doces.  As  folhas  frescas  têm  sabor  mais suave   e   devem   ser   acrescentadas   somente   no   fim   do cozimento.  As  folhas  secas  têm  sabor  mais  picantes  e  podem ser incluídas até 10 minutos antes de servir.
  • Mostarda: Para  elaboração  de  molhos,  em  geral,  para  carnes, aves  e  peixes.  A  mostarda  em  pasta  pode  ser  usada para   temperar   previamente   carnes   e   aves   e   na montagem de sanduíches e canapés.
  • Noz-moscada: Para   elaboração   de   molhos   bechamel   (brancos), legumes  cozidos,  tempero  de  carnes,  aves  e  peixes. Para elaboração de ovos e guarnições de batatas. Vai muito bem com recheio de espinafre para massas também. Para doces, pode ser ralada fina e usada em quantidade mínima em bolos, biscoitos e sobremesas com mel.
  • Orégano: Para   elaboração   de   molhos   de   tomates,   para temperar previamente aves e, levemente, peixes. O ideal é ser utilizado fresco, mas se a opção for o seco, o ideal é utilizá-lo até um ano no máximo, já que a capacidade aromática vai diminuindo bastante.
  • Páprica: Para elaboração de aves, carnes, alguns pratos com peixe, pratos com queijo (ricota) e molhos para salada. Com altos índices de vitamina C, também tem muito açúcar, então tome cuidado ao queimar a páprica.
  • Pimenta do Reino: Tempero básico para quase todas as elaborações de pratos salgados. A pimenta do reino verde é especial para preparação e apresentação de carnes. As sementes coloridas em grãos servem como aromatização e decoração de pratos.
  • Salsa: Usada para temperar carnes, molhos, risotos, marinadas, maioneses e saladas. Substitui muito bem a cebolinha. A salsa japonesa é excelente para decoração.
  • Salsão: Muito utilizado em saladas tradicionais como o salpicão, guarnições cozidas e para caldos no geral.
    Sálvia: Serve para temperar carnes, marinadas, embutidos, queijos, pães e massas em geral. É usada ainda para aromatizar vinagres, óleos e vinhos. Também é consumida como chá.
  • Tomilho: De sabor picante, é usado para temperar carnes em geral e embutidos, marinadas, saladas, queijos, molhos, legumes e frutas em compota. Seu chá ajuda a combater dores de garganta.

Para guardar seus temperos: Independentemente de como você comprou seu tempero, o ideal é sempre guardar em lugar fresco longe do calor, podendo até ir para a geladeira. Se for erva fresca, então o ideal é usá-la o quanto antes ou congelar.

Confira muito mais dicas para melhorar sua habilidade na cozinha lá no CyberCook!

CyberCook

Em parceria com CyberCook

O CyberCook é uma plataforma de culinária com mais de 90 mil receitas dedicadas a inspirar e facilitar a vida das pessoas.

Compartilhe:

Tags: #Comida

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário CyberCook

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.