Na madrugada desta sexta-feira (13), Jô Sores entrevistou a vlogueira Julia Tolezano, do canal "JoutJout Prazer" no YouTube, que produz conteúdo feminista. No entanto, no decorrer do programa, o apresentador constrangeu a convidada com comentários sexistas.

Um dos vídeos mais famosos de JoutJout, chamado "Não tira o batom vermelho", foi transmitido no início da entrevista. Nele, a vlogueira alerta as mulheres sobre as características de um relacionamento abusivo, como o fato do homem impedir a companheira de usar batom vermelho, alegando que isso a deixa com "cara de puta".

Após assistir a uma parte do vídeo, Jô Soares fez algumas perguntas bastante constrangedoras. "Mas todos dizem que a moça tem 'cara de puta'? Não tem realmente nenhuma que esteja com 'cara de puta'?", questiona.

Reprodução/YouTube

Créditos: Reprodução/YouTube

O apresentador fez comentários sexistas e machistas

Jout Jout, aparentemente desconfortável, pergunta: "O que é 'cara de puta', não é mesmo?". "Não se fala isso, não existe essa cara", afirma ela.

As frases machistas e sexistas do apresentador causaram revolta nas redes sociais. Centenas de internautas criticaram os comentários e perceberam o constrangimento da youtuber.

Assista ao vídeo:

Vamos combinar que "cara de puta" é um conceito misógino e que esse reforço de estereótipo não é engraçado?

Posted by Empodere Duas Mulheres on Sexta, 13 de novembro de 2015