Créditos: Reprodução / Facebook

O caso viralizou após denúncia da ativista Luisa Mell nas redes sociais

A exposição "Casa dos Bruxos", que traz réplicas dos cenários de "Harry Potter", tem causado polêmica nas redes sociais ao expor em uma sala quatro corujas vivas para o público tirar fotos. A mostra acontece no estacionamento do shopping Eldorado, na zona oeste de São Paulo.

O assunto começou a repercutir nesta quarta-feira, dia 28, após a ativista Luisa Mell publicar um texto afirmando que soube, por meio de uma seguidora, que as corujas ficam presas e amarradas pelos pés. "Acabei de ligar no Shopping e a atendente me confirmou que elas ficam das 10 da manhã até as 10 da noite todos os dias (menos segunda) amarradas para tirarem fotos!! Isto é crime! Isto é crueldade!", escreveu a apresentadora.

Selo Facilite

"Quem será que tem uma ideia tão imbecil como está???!!? Amarrar um animal silvestre pela pata em um shopping para tirarem foto?!? Não me conformo com a imbecilidade humana! Juro!", continuou Mell, que recebeu apoio de seus seguidores para denunciar o ocorrido. Veja o post abaixo:

Em nota, o Eldorado informou que a presença das corujas foi suspensa até que os fatos sejam esclarecidos. O estabelecimento disse que os maus-tratos aos animais não condizem com os valores do shopping e que está apurando as denúncias junto ao operador terceirizado responsável pelo evento para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

Leia na íntegra:

No Twitter, muitos usuários criticaram a exposição e defenderam os direitos dos animais. Confira os comentários:

  • Leia mais:

Presépio com animais vivos causa revolta no interior de SP