A atriz Cleo Pires compartilhou com seus seguidores do Instagram, na última semana, um problema que sofreu na adolescência e inspira cuidados até hoje.

Lembro quando descobri que tinha melasma, foi difícil pra mim. Uma menina que mal usava maquiagem e que gostava da praticidade em tudo. Mas aprendi mta coisa bacana e os cuidados que tive de implementar no meu dia a dia tornaram meus hábitos e minha pele muito mais saudáveis. Hoje eu tomo vários cuidados com a pele que eu já contei pra vocês num vídeo lá no canal do meu site. Dessa vez a @drajbarboza , minha ortomolecular, explica como lidar com essas manchas e até mesmo como acabar com elas. Vem saber mais nessa matéria sobre melasma. Link na Bio ☝????

Uma publicação compartilhada por CLEO (@cleopires_oficial) em

Numa foto onde aparece sem maquiagem, Cleo conta: “Lembro quando descobri que tinha melasma, foi difícil pra mim. Uma menina que mal usava maquiagem e que gostava da praticidade em tudo. Mas aprendi mta coisa bacana e os cuidados que tive de implementar no meu dia a dia tornaram meus hábitos e minha pele muito mais saudáveis. Hoje eu tomo vários cuidados com a pele que eu já contei pra vocês”.

Ela também comenta que hoje realiza acompanhamento com uma médica ortomolecular e que os tratamentos permitem diminuir ou mesmo acabar com essas manchas.

Em um vídeo em seu canal no Youtube, a atriz diz que tem alguns cuidados como dormir com protetor caso o local tenha incidência de luz, usa um creme para melasma que clareia as manchas, usa protetor químico (que não tem cor) combinado com protetor físico (que tem cor) e usa um pó para ‘selar', também com protetor.

Melasma: sintomas e causas

O melasma é caracterizado pelo aparecimento de manchas escuras na pele, principalmente no rosto, podendo ocorrer em outras áreas expostas ao sol. É um problema mais comum em mulheres, especialmente entre 20 e 50 anos.

Como explica matéria do parceiro do Catraca Livre, Minha Vida, a principal causa do melasma é a exposição ao sol, mas não é a única.

O uso de anticoncepcionais, fatores hormonais, predisposição genética e outros fatores podem acarretar o problema.

Se a pessoa notar o surgimento de manchas escuras no rosto e corpo, é importante procurar um dermatologista.