Créditos: Reprodução/Instagram

Isis Valverde

Isis Valverde terá de enfrentar um desafio em sua primeira gravidez. Isso porque a atriz é celíaca – não pode ingerir nada que contenha glúten – e os efeitos da doença autoimune podem afetar o desenvolvimento do bebê.

Renata de Camargo Menezes, ginecologista e obstetra, afirmou que filhos de mães com o problema têm mais chances de desenvolvê-la.

Selo Facilite

"A doença celíaca tem cunho hereditário. Filhos de mães com a intolerância têm 10% de probabilidade de apresentá-la ao longo da vida", explicou ao site “Notícias da TV”.

"O cuidado do bebê de mãe celíaca é retardar ao máximo possível a exposição desse bebê ao alergeno que é o glúten. O sistema imunológico fica mais amadurecido com o tempo, então, quanto mais tarde você expuser, menores as chances de desenvolver [a intolerância]", completou.

Ainda de acordo com a publicação, a doença não tem cura, mas é possível controlá-la deixando de consumir os alimentos que desencadeiam a intolerância.

Isis Valverde está no quarto mês de gravidez. O herdeiro é fruto do relacionamento da atriz com André Resende.

  • Causada pela intolerância ao glúten, a doença celíaca provoca atrofia da mucosa do intestino, fazendo com que o organismo não consiga absorver os nutrientes dos alimentos, vitaminas, sais minerais e água. Quem apresenta a condição crônica e autoimune não pode ingerir alimentos, como: trigo, aveia, cevada, e centeio. Algumas pessoas que são diagnosticadas com a enfermidade não apresentam sintomas, entretanto, quem recebe sinais de que algo não vai bem pode sentir dor abdominal, diarreia, flatulência, distensão do abdômen, fraqueza, perda ou dificuldade para ganhar peso, queda frequente de cabelo, entre outros. Confira os detalhes no site "Minha Vida", parceiro do Catraca Livre.

Leia também:

Isis Valverde exibe barriga de grávida pela 1ª vez