Gisele Bündchen revela que já sofreu com crises de pânico

Modelo contou que chegou a pensar em suicídio

Por: Redação Comunicar erro
gisele bundchen pânico suicídio
Crédito: reprodução/Instagram/@giseleGisele Bündchen revela ter sofrido crises de pânico e ter pensado em suicídio

Em entrevista à revista People, a modelo internacional Gisele Bündchen fez revelações surpreendentes de como foi lidar com as crises de pânico que a acompanhou durante sua ascensão no mundo da moda.

“As coisas podem estar parecendo perfeitas do lado de fora, mas você não tem ideia do que está acontecendo. Senti que talvez fosse a hora de compartilhar algumas das minhas vulnerabilidades”, desabafou a top model na entrevista.

Gisele relatou que a primeira vez que desencadeou uma crise de pânico foi durante um voo turbulento. A partir daí, ela desenvolveu medo de lugares fechados, como avião, elevadores e túneis. A modelo também disse que se culpou pelas crises. “Por que estava sentindo isso? Sentia que não tinha autorização de me sentir mal. Mas me senti sem forças. Seu mundo se torna menor e menor…e você não consegue respirar. É o pior sentimento que já tive”, descreveu.

Por conta do pânico, Gisele disse que chegou a pensar em suicídio. “Se eu pular do meu telhado vai acabar e eu nunca mais terei que me preocupar com esse sentimento do meu mundo se fechando”, conta.

Para diminuir as crises de ansiedade, a modelo precisou tomar medicamentos e foi aconselhada por médicos a fazer uma mudança radical em sua vida: ela largou o cigarro e deixou de consumir bebidas alcoólicas. “Eu pensei que se essas coisas eram de alguma forma a causa da dor da minha vida, elas precisavam sumir”.

  • Está precisando de ajuda? Ligue 188. O CVV – Centro de Valorização da Vida, realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias.