Samba na 2: confira as fotos da cobertura do Samba em Rede

Por: Redação

Samba na 2, roda que acontece todo segundo domingo do mês, das 15h às 20h, no Jardim Nakamura, zona sul de São Paulo, foi a sexta Comunidade de Samba visitada pelo Samba em Rede para uma cobertura fotográfica.

Em 2017, o portal foi um dos projetos contemplados pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAc) através do edital Economia Criativa (Edital nº 29/2017), da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

O edital atende projetos que promovem o desenvolvimento social e cultural utilizando ferramentas digitais; e o Samba em Rede recebeu apoio financeiro para a manutenção e ampliação da cobertura do website e redes sociais durante cinco meses (de janeiro a maio de 2018).

Com o apoio, o Samba em Rede realizou, entre outras ações, seis (6) ensaios fotográficos de comunidades e movimentos de samba da cidade de São Paulo.

Confira o registro sob o olhar da fotógrafa Merylin Esposi.

Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli
Eduardo Sartorelli

Mais sobre o Samba na 2

No final da década de 1980, um grupo de amigos apaixonados por samba uniu sua paixão pela música e juntos fundaram no Jardim Nakamura, bairro do extremo Sul de São Paulo, o Poesia Samba Soul, onde realizavam ensaios abertos a amigos e admiradores.

Com o passar do tempo a banda criou o Samba na 2 com o intuito de reunir amigos e antigos integrantes do grupo, além de proporcionar a comunidade um espaço de lazer e conta com o apoio da ONG Favela da Paz e da banda Poesia Samba Soul.

Além da energia transmitida pela roda, os organizadores realizam ações sociais em prol da comunidade. Ainda há espaço para recreação infantil, e as feiras de artesanato e quitutes, que possibilita que a comunidade local se aproprie do evento e promova a geração de renda local. Passam cerca de 1200 pessoas a cada edição do evento.

Mais sobre o Samba em Rede

Lançado dia 2 dezembro de 2013, data em que é comemorado o Dia Nacional do Samba, o Samba em Rede pretende apresentar ao público a agenda mais completa da programação de samba do eixo Rio-São Paulo, mapeando o maior número possível de eventos relacionados ao gênero nas duas cidades.

O Samba em Rede busca ser o canal que coloca o samba em evidência resgatando e difundindo a história de um dos principais gêneros populares do país. Através do reconhecimento de figuras e manifestações do samba – mesmo que desconhecidas no mainstream -, procuramos dar voz a todos e às tradições que se perdem pela falta de registro.

Dessa forma, o website contribui para a formação de público e dá visibilidade à produção cultural independente do samba, democratizando as iniciativas e facilitando o acesso do público às mesmas, além de preservar a memória de um dos gêneros mais populares do país.

  • + coberturas:

Compartilhe: