8 alimentos afrodisíacos para aumentar a libido

Entenda por que os afrodisíacos realmente funcionam

Não é de hoje que homens e mulheres procuram alimentos ditos especiais e sensuais para apimentar a ceia, despertar o desejo sexual e tornar o momento mais caliente. Acredita-se que uma libido baixa esteja ligada à falta de vitaminas e alguns minerais, como vitamina E, zinco e selênio. Será que alimentos afrodisíacos realmente são eficazes?

Afrodisíaco é qualquer substância ou atividade que desperte o desejo amoroso. Quando inseridos na alimentação, alguns alimentos têm o poder de dar um tempero especial e tornar cada momento único. Os frutos do mar, como ostras e mexilhões, são os campeões entre os afrodisíacos. Mas o que realmente importa é o quanto de fantasia nós colocamos nos alimentos, o quanto acreditamos neles, pois a mente é o afrodisíaco mais eficaz.

Afrodisíaco é qualquer substância ou atividade que desperte o desejo amoroso. / Foto: Pixabay

Lista de alguns alimentos afrodisíacos

Beterraba

Contém alto teor de nitrito que, quando entra em contato com o organismo, se transforma em nitrato e se modifica em óxido nítrico (que ajuda a manter os vasos sanguíneos dilatados). Este processo melhora a absorção de nutrientes para dentro do músculo, ajuda a gerar mais energia, elimina as toxinas do corpo e mantém mais eficiente a utilização do oxigênio.

Chocolate

Produz serotonina, neurotransmissor que tem várias funções sobre o sono, humor e é responsável principalmente pela sensação de prazer.

Morango

Essa fruta delicada, de cor intensa, é presença fundamental nos rituais de sedução – melhor ainda se for acompanhada de champanhe. Além disso, o vermelho da fruta libera a adrenalina do corpo e o morango é “carnudo”.

Manjericão

É fortificante dos órgãos sexuais.

Amendoim

É um alimento altamente energético, de alto valor teórico. Contém grande quantidade de vitamina B3, que colabora para a vasodilatação sanguínea, por isso é relacionado ao aumento de libido e do apetite sexual.

Ostras

Contém zinco, que está relacionado à produção de testosterona. Há alimentos que aumentam a produção, tanto dos espermatozóides e da testosterona (hormônio decisivo na libido), como da secreção lubrificante vaginal, estimulando ainda mais a vida sexual dos casais. É o caso das ostras frescas, um alimento energético, que tem fósforo, iodo, zinco e pouca gordura. Isso aumenta a disposição para o sexo.

Continue lendo aqui para ver outros alimentos afrodisíacos, e aprenda também uma receita rápida e prática para apimentar a relação.

Texto produzido por Amanda Regina e publicado no Personare.

Em parceria com Personare

Compartilhe:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário personare

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.