CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Ana Hickmann descobre melasma e aposta em tratamentos a laser

Apresentadora da Record TV redobrou os cuidados com o sol; saiba como cuidar da pele

Por: Redação

Ana Hickmann iniciou uma série de tratamentos a laser nos últimos meses para combater a descoberta do melasma. A apresentadora do Hoje em Dia, da Record TV, descobriu uma mancha no rosto e passou a redobrar os cuidados com o sol.

ana hickmann
Crédito: Reprodução/InstagramAna Hickmann começou a fazer tratamento contra melasma

“Estou começando a fazer esse tratamento agora. Meu dermatologista foi quem percebeu uma pequena manchinha na minha pele e descobriu que por conta do sol e muita luz de estúdio, mesmo usando bastante filtro solar, por ter a pele muito clara, eu acabei formando uma manchinha”, contou ao Universa, do Uol.

O melasma é uma condição genética que pode surgir na face, mas também nos braços, pescoço e colo. Ela se caracteriza pela produção exagerada de melanina. Tudo isso pode ser causado tanto pela exposição solar quanto pela mudança de hormônios – que é o que acontece com o uso de anticoncepcionais ou quando a mulher está grávida.

“Eu sou uma pessoa que não sai sem filtro solar em momento algum. Eu tenho óculos solar por todas as partes: eu tenho nos meus carros, eu tenho na minha bolsa… Eu troco de óculos o tempo todo. Assim como eu troco de look, eu troco de óculos, para ele acompanhar”, completou.

Tratamentos contra o melasma

O dermatologista é o profissional mais indicado para diagnosticar e tratar o melasma. Hoje em dia, existe uma gama infinita de aparelhos e produtos que podem auxiliar no tratamento contra a condição.

Dentre os procedimentos mais realizados estão os peelings e aplicações de luzes ou lasers. Independente do tipo de tratamento adotado, o importante é redobrar o cuidado com a proteção contra os raios ultravioletas e à luz visível.

Confira os principais tratamentos:

Cremes
O uso de cremes é umas das formas mais usadas no tratamento contra o melasma, embora não funcione para todos os casos. Podem ser usados os cremes à base de hidroquinona, ácido glicólico, ácido retinóico e ácido azeláico. Os resultados demoram cerca de dois meses para começarem a aparecer. Pacientes que se submetem a esse trata

Peelings
Os peelings descamam a pele em diferentes níveis de acordo com a substância, concentração ou método de aplicação. Geralmente, eles costumam ter resultados mais eficientes que os cremes. O peeling de Diamante, por exemplo, promove uma remoção mecânica da camada superior da pele, o que estimula a formação de colágeno e ajuda na remoção de manchas e acne e de pigmentação.

O peeling químico, feito com ácidos, pode clarear mais rapidamente que o de Diamante. Ele estimula a renovação das células da pele, clareia manchas e atenua rugas finas, além de também estimular a produção de colágeno. O dermatologista é a pessoa mais adequada para indicar o método mais adequado.

Laser
O laser Spectra Nd:YAG Q-Switched é um dos mais usados no tratamento de manchas escuras. Tem o poder de alta penetração na pele e consegue destruir a melanina sem agredir a epiderme. Normalmente, são indicadas no mínimo oito sessões para esse tratamento.

Luz Intensa Pulsada
Essa também é uma alternativa que ajuda a clarear o melasma, mas aos poucos vem sendo deixada de lado, por conta do efeito rebote. O tratamento costuma dar bons resultados de maneira rápida, mas depois de um tempo pode provocar o retorno de manchas mais intensas.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.