Aplicativo de celular identifica ataques cardíacos com precisão

Cientistas acreditam que uso do app pode ajudar a salvar vidas

Por: Redação | Comunicar erro
pessoa segurança um celular com o app
Crédito: divulgaçãoCientistas contatam alta sensibilidade de app

O aplicativo de celular AliceCor, que monitora a atividade cardíaca, é capaz de determinar se alguém está tendo um infarto do miocárdio com a mesma precisão que um eletrocardiograma padrão. É o que constatou um grupo de pesquisadores do Instituto do Coração Intermountain Medical Center em Salt Lake City, nos EUA.

A descoberta é significativa porque a velocidade do tratamento após um ataque cardíaco deste tipo pode ajudar a salvar vidas. O infarto do miocárdio é um ataque cardíaco em que a artéria é completamente bloqueada. “Quanto mais cedo você conseguir abrir a artéria, melhor o paciente ficará”, explica J. Brent Muhlestein, principal autor do estudo e pesquisador cardiovascular no Instituto do Coração do Centro Médico Intermountain.

Para comprovar a eficiência do app, os cientistas analisaram 204 pacientes com dores no peito. Eles foram submetidos ao eletrocardiograma padrão e ao eletrocardiograma do aplicativo AliveCor, feito a partir de um acessório acoplado ao smartphone.

Crédito: Getty Images/iStockphotoTeste do app se mostrou tão eficaz quanto o eletrocardiograma padrão

Ao final dos testes, os pesquisadores perceberam uma alta sensibilidade do app em comparação ao exame tradicional. “Descobrimos que o aplicativo nos ajudou a diagnosticar os ataques cardíacos de forma muito eficaz – e não indicou a presença de um ataque cardíaco quando um não estava ocorrendo”, disse Muhlestein.

Com esta revelação, há duas razões para celebrar, segundo eles.

A primeira é o fato de que o processo para determinar se você está tendo um ataque cardíaco é acelerado e sem a necessidade de uso do doloroso método que leva aproximadamente 90 minutos para ser realizado.

Através do acoplamento de dois fios, um eletrocardiograma é feito no local e os dados são enviados para a nuvem onde um cardiologista o revisa para notificar imediatamente os pacientes se uma alteração for verificada.

A segunda razão é que o aplicativo é muito mais barato e acessível.

Compartilhe: