Últimas notícias:

Loading...

Apresentadora é punida por defender ingestão de cloro contra covid

No ano passado, diante das câmeras, ela chegou a tomar a substância diretamente da boca de uma garrafa

Por: Redação

A apresentadora Viviana Canosa que defendeu o dióxido de cloro como um tratamento contra a covid-19 foi multada pelo Ministério das Comunicações da Argentina por cometer um crime contra a saúde pública. A informação foi divulgada pelo jornal argentino El Clarín.

Canosa, que comanda o programa “Nada Personal”, do Canal 9, tem se posicionado contra a campanha de vacinação contra a covid-19 e questionado a eficácia dos imunizantes.

No ano passado, em seu programa ao vivo, ela chegou a virar uma garrafa, que segundo ela continha dióxido de cloro, diretamente na boca, afirmando ser um remédio contra a doença causada pelo novo coronavírus.

apresentadora cloro
Crédito: Reprodução/YouTubeApresentadora é multada após beber cloro e dizer que produto é tratamento para covid-19

Desde o início da pandemia, numerosos produtos contendo dióxido de cloro ou seus derivados foram comercializados isoladamente ou em combinação com outros produtos com falsas alegações de que podem curar a covid-19 e doenças associadas. Porém, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já alertou sobre o perigo do consumo de produtos à base dessas substâncias, alertando que podem causar sérios danos à saúde.

O dióxido de cloro, um gás usado como alvejante nas estações de tratamento de água, e o hipoclorito de sódio, um desinfetante comercializado como alvejante doméstico, podem ser tóxicos se ingeridos e causar vários efeitos adversos.

Compartilhe: