Azeite reduz risco de impotência sexual, segundo estudo

Para ter esse benefício, é preciso consumir pelo menos 9 colheres de sopa de azeite por semana

Por: Redação | Comunicar erro
Colher de sopa de azeite
Crédito: iStock | magoneAzeite de oliva ajuda na disfunção erétil

Um estudo da Universidade de Athenas sugere que azeite reduz o risco de impotência sexual em até 40% e pode funcionar melhor que  o Viagra. Segundo os pesquisadores, enquanto a pílula funciona a curto prazo, o óleo de oliva age a longo prazo.  O estudo envolveu mais de 600 homens com idade média de 67 anos.

Para ter esse benefício, no entanto, é preciso consumir pelo menos 9 colheres de sopa de azeite por semana. De acordo com os pesquisadores, isso acontece porque uma dieta rica em azeite mantém os vasos sanguíneos saudáveis, favorecendo a circulação em todas as partes do corpo.

“Os hábitos de vida a longo prazo na dieta e exercícios parecem ter um grande impacto não apenas em nossas artérias, mas em nossa qualidade de vida, incluindo a capacidade sexual de meia-idade para a população idosa”, disse a pesquisadora Christina Chrysohoou.

Além do azeite, a recomendação do estudo é incluir legumes, frutas, peixe e feijão. Essa dieta fortemente adotada nos países mediterrâneos, segundo os pesquisadores,  aumenta as chances de homens terem uma vida sexual livre de remédios por volta de seus 70 anos. “Além disso, a dieta reduz o risco de síndrome metabólica, como diabetes, pressão alta e obesidade central”, afirma Chrysohoou.

casal de idosos abraçados
Crédito: KatarzynaBialasiewicz/istockEstudo foi feito com mais de 600 homens

Para Julie Ward da British Heart Foundation, o benefício do azeite contra a impotência sexual não é uma novidade. “Não é surpresa que a dieta mediterrânea – que sabemos ser benéfica para a saúde cardíaca e circulatória – possa beneficiar os vasos sanguíneos e ajudar os homens a manter uma função sexual saudável”, afirmou ao jornal inglês The Independent.

“Como os vasos sanguíneos do pênis são estreitos, a incapacidade de atingir ou manter uma ereção pode ser um dos primeiros sinais de aterosclerose – o estreitamento das artérias que pode levar a um ataque cardíaco ou derrame cerebral. “É crucial que qualquer condição médica subjacente, como aterosclerose ou diabetes, seja detectada precocemente e tratada para manter saudável seu coração e sua vida sexual”.

Compartilhe:

Tags: #Dieta #Sexo
1 / 8
1
03:53
Decisão da Anvisa deve liberar a maconha medicinal no país
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou duas propostas que podem liberar a maconha para fins medicinais e científicos …
2
02:51
O que é o projeto Cuide-se
Em parceria com a ONG Horas da Vida, o Catraca Livre produz vídeos com especialistas para dar dicas de saúde. No …
3
02:18
Vacina contra a gripe é liberada para toda a população
O Ministério da Saúde estendeu a campanha de vacinação contra a gripe para toda a população enquanto durarem estoques dos …
4
05:00
Quais os sintomas que a maconha pode trazer?
Dr. Jair de Jesus Mari, professor titular de psiquiatria da UNIFESP , fala sobre os sintomas que o uso de …
5
03:19
Natureza contra a depressão
A depressão é uma das doenças mais comuns do mundo moderno em grandes cidades e a falta de contato com …
6
02:42
Reconheça facilmente os níveis da depressão
Dr. Jair de Jesus Mari, professor titular de psiquiatria da UNIFESP , fala sobre os principais sinais da ansiedade. Esse vídeo …
7
03:20
Saiba o que é a doença “Pescoço de Texto”
Juliana Santos, Terapeuta Manual de dores crônicas e agudas fala sobre a doença de Pescoço de Texto. Esse vídeo faz parte …
8
05:29
Sinais de que o bebê vai nascer
Claudio Basbaum, obstetra na Maternidade de São Luiz, é conhecido como o médico que implantou no Brasil o parto humanizado. Esse …