Bebê nasce empelicado no litoral de São Paulo

Caso ocorre quando o bebê nasce dentro da bolsa amniótica

Por: Redação

A empresária Janaína Fernandes Costa, 34 anos, foi surpreendida no momento do parto cesárea do filho: o bebê nasceu ‘empelicado’, situação incomum que ocorre quando a bolsa amniótica não rompe antes do nascimento.

O parto de Lucas Fernandes de Lisboa Costa ocorreu no último sábado, 22, no Hospital Ana Costa, em Santos, no litoral de São Paulo, e animou a equipe médica, que registrou o momento.

Crédito: Reprodução/TV TribunaCaso ocorre quando o bebê nasce dentro da bolsa amniótica

“Na hora, não vi nada porque estava tudo coberto. Eu só ouvi a movimentação dos médicos e enfermeiros eufóricos e felizes, querendo tirar fotos”, contou a empresária à Catraca Livre. “Depois, quando eu assisti ao vídeo, eu desabei de chorar porque eu vi que tinha sido a coisa mais linda e emocionante mesmo.”

De acordo com a literatura médica, nascimentos empelicados em partos normais acontecem 1 em cada 80 mil no mundo. A estatística, no entanto, não é válida para cesáreas, que foi o caso de Janaína.

“Parto empelicado em cesárea depende muito mais da paciência e da destreza de quem está operando”, explicou o médico obstetra Guilherme Pereira Martins, responsável pelo nascimento do pequeno Lucas.

nascimento do bebê
Crédito: Arquivo pessoalParto empelicado pode ser provocado em cesáreas

Parto empelicado pode proteger o bebê

De acordo com o médico, esse tipo de parto pode ser provocado em cesáreas, principalmente, quando a equipe quer evitar uma transmissão vertical de uma doença materna para a criança. “A indicação para esse tipo de parto seria em uma situação de HIV positivo da mãe, por exemplo”, explicou o obstetra. Esse, no entanto, não foi o caso de Janaína. “No caso dela foi uma opção que a gente teve de tentar executar a manobra e acabou que tivemos sucesso.”

A empresária disse que ainda está surpresa, principalmente, com repercussão das fotos e do vídeo. “Não esperava, foi um presente de Deus para mim duplamente: meu bebê e a forma como ele veio.”

Veja no link abaixo outro caso de parto empelicado:

Compartilhe: